Foto Galeria | 21-04-2023

Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão

1 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão
2 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão
3 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão
4 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão
5 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão
6 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão
7 / 7
Cordão humano com três mil alunos em defesa do rio Nabão

Cordão humano em defesa do rio Nabão juntou cerca de três mil alunos e procurou alertar para os crimes ambientais que acontecem no rio há várias décadas e cujos infractores têm saído impunes.

O cordão humano que se realizou em Tomar para alertar para os crimes ambientais que ocorrem há várias décadas no rio Nabão é a prova de que também se podem defender causas em clima de festa. Mais de três mil alunos, autarcas e dirigentes associativos do concelho, juntaram-se para “Abraçar o Rio”, numa iniciativa organizada pelo Rotary Club de Tomar Cidade, em parceria com o município e com o Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria.

Os alunos vestiram camisolas brancas alusivas ao evento e, através de cartazes com mensagens de luta e esperança, não se cansaram de gritar em defesa de um recurso que, consideram, deve ser preservado e tratado com a importância que merece, uma vez que o rio Nabão atravessa a cidade e é uma das suas grandes referências e atracções turísticas.

Anabela Freitas (PS), presidente do município, destacou a importância que os jovens têm para o futuro do planeta e que é muito importante investir na sua formação, sublinhando que “não há planeta B”.

Reportagem desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo