Foto Galeria | 05-06-2024

Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios

1 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
2 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
3 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
4 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
5 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
6 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
7 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
8 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
9 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
10 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios
11 / 11
Primeiro-ministro esteve em Mação para destacar coragem na luta contra os incêndios

Reunião decorreu esta terça-feira, dia 4 de Junho e contou com a presença do primeiro-ministro Luís Montenegro, do presidente do município de Mação, Vasco Estrela e do presidente da Aflomação, António Louro. Apos a reunião decorreu a cerimónia oficial de lançamento dos trabalhos das Operações Integradas de Gestão da Paisagem (OIGP).

O município de Mação recebeu na terça-feira, 4 de Junho, a Reunião do Conselho de Coordenação da Agência para Gestão Integrada de Fogos Rurais, seguida da cerimónia oficial de lançamento dos trabalhos das Operações Integradas de Gestão da Paisagem. O primeiro-ministro, Luís Montenegro, esteve presente, acompanhado pelo presidente do município Vasco Estrela e do presidente da Aflomação, António Louro, ex-vice-presidente da autarquia.
Vasco Estrela salientou o percurso longo percorrido até ao momento, mas que ainda há muito caminho pela frente em matéria de combate a incêndios. António Louro relembrou os incêndios de 2003 e 2017 e considerou uma ironia que o concelho que mais se preparou para os fogos rurais tenha sido o que mais sofreu. O primeiro-ministro elogiou a coragem do município em repensar o projecto e as estratégias, afirmando estar confiante que a autarquia não vai voltar a sofrer novo flagelo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo