Guarda Rios | 07-10-2019 12:30

O senhor dos nomes.

O senhor dos nomes.
GUARDA RIOS

O fadista Hélder Moutinho fechou a festa dos 130 anos do Grémio Dramático Povoense com um pequeno concerto.

O fadista Hélder Moutinho fechou a festa dos 130 anos do Grémio Dramático Povoense com um pequeno concerto. No início da actuação o Guarda-Rios viu o fadista a olhar para uma cábula que tinha na mão, mas depois percebeu do que se tratava. O próprio fadista, no final da actuação, confessou, em tom de brincadeira, que nunca mais esqueceu a sua primeira actuação na Póvoa de Santa Iria, onde se enganou no nome e desejou boa noite a uma outra Póvoa qualquer, o que deixou alguns moradores assim para o mal-humorados. E depois de contar a história em tom descontraído, o cantor ainda ofereceu dois encores ao público e despediu-se brincando com um “Boa Noite Alvalade”. Isto é que vai um fado!!!

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1423
    03-10-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1423
    03-10-2019
    Capa Médio Tejo