Nacional | 18-12-2022 22:48

14 % dos bebés nascidos em 2021 são de mãe estrangeira

14 % dos bebés nascidos em 2021 são de mãe estrangeira

No Dia Internacional dos Migrantes, a Pordata avançou que, dos quase 80 mil bebés nascidos em 2021 em Portugal, mais de 10 mil são filhos de mães estrangeiras.

Depois de uma diminuição na última década, até um mínimo de 8,4 % em 2015, a percentagem de nascimentos de mãe estrangeira em Portugal tem vindo sempre a aumentar e, no ano passado, registou-se o nascimento de cerca de 11 mil crianças, num universo de 80 mil nados-vivos. “A proporção tem vindo a aumentar sucessivamente desde 2016, invertendo a tendência de decréscimo registada entre 2011 e 2015”, é referido no estudo publicado no Dia Internacional dos Migrantes pela Pordata. Segundo o mesmo documento, a entrada de população estrangeira em Portugal tem contribuído para os números da natalidade no país.

Desde 2011 o país perdeu perto de 196 mil pessoas e 2019 e 2020 foram os únicos anos em que se registou um aumento da população face ao ano anterior: mais 19.300 em comparação a 2018 e mais 75.700 fazendo um paralelismo com 2019. “Este aumento da população ficou a dever-se, sobretudo, ao saldo migratório positivo”, é sublinhado no estudo, numa referência à diferença entre as pessoas que imigraram e às que saíram do país.

Em 2021, entraram em Portugal cerca de 51 mil imigrantes e saíram cerca de 25 mil emigrantes, traduzindo-se num saldo positivo para o país de 26 mil pessoas. A emigração é mais acentuada entre a população mais qualificada, tendo um terço das pessoas com mais de 15 anos que saem do país um curso superior e 29 % o ensino secundário.

Entre 2011 e 2014, saíram do país mais do dobro das pessoas que entraram, uma tendência que se começou a inverter em 2015 e “desde 2019 que os imigrantes representam mais do dobro dos emigrantes”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo