Nacional | 12-07-2023 14:08

Maioria dos portugueses considera que a corrupção é prática comum

Maioria dos portugueses considera que a corrupção é prática comum

Maioria dos portugueses considera que a corrupção é prática comum

A corrupção é vista como prática generalizada no nosso país por parte de 93% dos portugueses, um número que coloca Portugal como o terceiro país na União Europeia (UE) onde a percepção deste crime é maior, de acordo com o mais recente Eurobarómetro.

Neste Eurobarómetro Especial 2023, e em resposta à questão “Em que medida pensa que o problema da corrupção é comum em Portugal?”, 93% dos 1,021 portugueses inquiridos neste estudo responderam que consideram este problema “totalmente comum”, mais três pontos percentuais face a 2022.

Neste campo, Portugal fica apenas atrás da Croácia com 96% e da Grécia, que lidera com 97%, sendo que a média da União Europeia (EU) é de 70%.

O Índice de Percepção da Corrupção de 2022 (CPI 2022) – relatório publicado anualmente pela Transparency International - revela que o combate à corrupção no nosso país é frágil e não regista avanços significativos desde 2012.

Com 62 pontos, Portugal voltou a igualar a posição registada no ano passado – e também em 2019 –, com pior avaliação que há 5 anos (64 pontos) e 10 anos (64 pontos), e continua abaixo do valor médio da Europa Ocidental e União Europeia (66 pontos).

O Eurobarómetro é uma série de pesquisas de opinião públicas realizadas regularmente em nome da Comissão Europeia desde 1973, em todos os seus Estados-membros.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo