Nacional | 13-12-2023 14:46

Preço do azeite em Portugal aumentou quase 70% em 2023

FOTO ILUSTRATIVA – FOTO DR

Produção baixa, redução acentuada das reservas e quebra da produção em Espanha são os factores apontados pelo Instituto Nacional de Estatística.

O preço do azeite aumentou quase 70% em 2023 devido à produção “extraordinariamente baixa” da campanha anterior, à redução “acentuada” dos ‘stocks’ e à quebra da produção em Espanha, estimou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).
De acordo com as “Contas Económicas da Agricultura - 2023” do INE, “relativamente ao preço do azeite em 2023, estima-se um acréscimo acentuado (69,2%), em resultado da produção extraordinariamente baixa da campanha anterior, que provocou altas cotações do azeite no mercado nacional”.
“Para além disso, o preço do azeite é também influenciado quer pela baixa acentuada dos ‘stocks’ nacionais, em resultado de maior procura, quer pelos mercados internacionais, onde a Espanha se destaca como o maior produtor mundial”, refere, acrescentando que, “nos últimos anos, a produção de azeite espanhol tem sido baixa e os preços muito elevados, o que tem influenciado o mercado português”.
Em volume, o INE prevê um decréscimo da produção do azeite de 8,3% no ano civil de 2023 (abrange parte da campanha 2022/2023 e parte da campanha 2023/2024), em consequência da acentuada baixa de produção de azeitona da campanha 2022/2023, que não foi compensada pelo aumento de produção da actual campanha (2023/2024).

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo