O MIRANTE dos Leitores | 21-10-2023 07:00

Circulação junto à CUF

Sei que não será a primeira vez que alguém vos escreve por este motivo, mas certo é que o problema se está a agravar.

Sei que não será a primeira vez que alguém vos escreve por este motivo, mas certo é que o problema se está a agravar. A sinalética de proibição de estacionar no lado direito nesta via de circulação de sentido único existe no local e não é respeitada por quem ali tem o hábito de o fazer. Além da dificuldade na circulação e acesso àquela unidade de saúde (CUF Santarém), que neste momento tem uma afluência bastante considerável, já nem os peões conseguem circular por inexistência de passeios. Os passeios existentes estão também a ser utilizados como parque de estacionamento tornando por isso impossível o acesso a pessoas com mobilidade reduzida. A própria paragem de transportes públicos tornou-se também um parque de estacionamento.
As autoridades, apesar de frequentarem o hospital, não intervêm junto daqueles que diariamente transgridem. Se as multas podem ser lesivas para o bolso, também é verdade que poderão servir de meio de prevenção. A câmara municipal também já podia ter feito intervenção neste local, já que mais não fosse a colocação de pinos ou algo semelhante que impeça tais estacionamentos e a conclusão de passeios que se encontram inacabados. Certo é que esta zona da cidade parece deitada ao abandono pois não está munida de passeios. A polícia circula muito pouco pela zona e actualmente é a primeira zona da cidade a ficar sem luz pública a partir das 7h00. Será que não somos todos cidadãos desta cidade, ou as zonas nobres têm privilégios? Será que pagam mais impostos para determinadas zonas da cidade estarem mais reguladas e organizadas?
Será que junto ao hospital distrital podemos de igual forma parar e estacionar à porta do mesmo, na praça de táxis, na paragem de autocarro, em cima dos passeios, na via mais à direita? É, de facto, muito triste vermos pessoas em cadeira de rodas a circular nesta via pelo meio da estrada pois, infelizmente, a falta de civismo e de acessos pedonais é gritante.
Acho que está mais do que na hora de alguém tomar medidas. Não se queixem da falta de parques pois eles existem nas proximidades sendo os mais longínquos a cerca de 300 metros do hospital.
Rui Pacheco

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo