O MIRANTE dos Leitores | 03-12-2023 18:00

Hospital de VFX disponível para esclarecer família do menor que teve alta com compressa em dedo fracturado

O Hospital de Vila Franca de Xira diz estar disponível para esclarecer os familiares do utente de 15 anos.

O Hospital de Vila Franca de Xira diz estar disponível para esclarecer os familiares do utente de 15 anos que deu entrada naquela unidade de saúde com uma fractura num dedo de uma mão e saiu de lá com uma compressa fixa com fita adesiva, “sobre a assistência que lhe foi prestada ou outras eventuais dúvidas que possam ter”.
Sem responder directamente à questão colocada por O MIRANTE sobre se o tipo de tratamento utilizado no utente com um dedo fracturado seria o mais indicado, o hospital confirma que o utente deu entrada na unidade às 22h55, “tendo sido triado, realizado exames e recebido o devido tratamento”. A alta, acrescenta-se, foi efectuada pelo médico ortopedista que o tratou às 23h41. Tal como O MIRANTE noticiou na edição de 23 de Novembro, Luís de Sousa, o avô do utente, disse estar indignado com o tratamento dado ao neto, considerando que o esperado era que lhe colocassem gesso ou uma tala no dedo partido e não que o mandassem ir a uma farmácia comprar uma e colocar em casa. Por causa das dores continuadas e por a tala adquirida não ser a indicada, o jovem acabou por se deslocar ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Alcoentre, onde lhe puseram uma tala improvisada até comprar uma nova.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo