O MIRANTE | 19-11-2020 18:00

“O futuro é dos alimentos biológicos e eu próprio já estou a ter mais cuidado com a minha alimentação”

“O futuro é dos alimentos biológicos e eu próprio já estou a ter mais cuidado com a minha alimentação”
ESPECIAL ANIVERSÁRIO
Paulo de Carvalho - Consultor imobiliário na Remax/Vantagem Ribatejo - Santarém

Paulo de Carvalho - Consultor imobiliário na Remax/Vantagem Ribatejo - Santarém.

O ambiente vai deixar de ser sacrificado em relação à economia?

No futuro a economia vai andar de braço dado com o ambiente. Cada vez mais as empresas vão ter que ter uma preocupação ambiental. As empresas não vão sobreviver sem uma vertente ambiental.

Acha que é possível reduzir em metade o uso de pesticidas nos próximos dez anos como pretende a União Europeia?

Concordo com essa redução. Andamos a comer muitos alimentos que são manipulados geneticamente e penso que o futuro vai ser dos alimentos biológicos. Existe cada vez mais procura deste tipo de alimentos. Eu próprio já estou a ter mais cuidado com a minha alimentação.

O que faz no seu dia-a-dia para ajudar a preservar o planeta?

Evito o desperdício e o gasto desnecessário. No trabalho evito o uso do papel, que é muito na minha profissão. É o meu contributo, mesmo muito pequeno para a protecção do ambiente. Em casa já fecho a torneira quando lavo os dentes e me ensaboo no banho, faço reciclagem do lixo doméstico, não sou de grandes velocidades e quando tiver que substituir os electrodomésticos, certamente que terei atenção em verificar o consumo energético.

Quais os principais problemas ambientais da sua área de residência?

Vivo no centro histórico de Santarém, onde existem populações de animais que habitam em edifícios devolutos, que continuam a ser uma praga, (vi um falcoeiro este Verão mas não foi o suficiente, talvez só no Largo do Seminário) e merecia outro tipo de controle. Vi uns pontos para colocar beatas e pastilhas elásticas que não são limpos há muito tempo. Desde miúdo que oiço falar nas descargas poluentes que são feitas no rio Alviela. Não vamos perder a esperança. Acredito que estejamos num caminho mais verde, mais sustentável e amigo do ambiente.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo