O MIRANTE | 20-11-2020 18:00

“Os CTT têm a maior frota ecológica do país no sector da logística com cerca de 315 veículos”

“Os CTT têm a maior frota ecológica do país no sector da logística com cerca de 315 veículos”
ESPECIAL ANIVERSÁRIO
Miguel Salema Garção - Director de Comunicação e Sustentabilidade dos CTT

Miguel Salema Garção - Director de Comunicação e Sustentabilidade dos CTT.

Nos CTT temos vindo a constatar uma procura cada vez maior, por parte dos nossos clientes, de produtos e soluções menos poluentes e até neutras em carbono. Temos vindo a desenvolver esse caminho com o Correio Verde (uma oferta 100% ecológica que aposta conveniência aliada à protecção ambiental, garantindo a neutralidade carbónica dos seus produtos sem custos adicionais para os clientes); com a oferta Expresso neutra em carbono e com as Entregas Verdes (disponível para clientes empresariais permitindo que todas as entregas nos locais contratados sejam feitas exclusivamente com veículos eléctricos CTT).

Os CTT têm a maior frota ecológica do país no sector da logística com cerca de 315 veículos. E têm empreendido várias medidas de apoio à biodiversidade e de combate às alterações climáticas expressas através de um portefólio ecológico ou carbonicamente neutro (Correio Verde, DM Eco e Expresso/Encomendas) e da aposta na eficiência energética e carbónica, que permitiram aos CTT reduzir a sua pegada carbónica em 64% entre 2008 e 2019.

No âmbito da biodiversidade e da preservação do ambiente os CTT lançaram a sexta edição do projecto “Uma Árvore pela Floresta” em parceria com a Quercus. É uma iniciativa destinada a sensibilizar a sociedade e as empresas para a necessidade de reflorestação do território nacional em áreas classificadas ou ardidas. Cada kit em cartão, imagem de uma árvore, equivale a uma árvore a plantar. Mais de 97 mil árvores autóctones já foram plantadas com o apoio de centenas de voluntários/as. Em relação à electricidade consumida pelos CTT, desde 2015 que a sua origem provém de fontes exclusivamente renováveis.

Os CTT assinaram em Novembro de 2019 a carta de compromisso “Business Ambition for 1.5º” de combate às alterações climáticas. Foi uma forma de reafirmar publicamente o compromisso no combate às alterações climáticas através da minimização das emissões carbónicas resultantes da actividade da empresa.

A criação de valor apenas para os accionistas deixou de ser o único foco da actividade empresarial dando lugar a uma mudança de paradigma com foco nas expectativas de todos os stakeholders. As empresas enfrentam riscos colocados pelas alterações climáticas e perda da biodiversidade. A pandemia veio reforçar a necessidade de repensarmos a forma como as empresas poderão ser os catalisadores das mudanças que se impõem ao nível social e ambiental. Em 2020 o Top 5 de riscos globais identificados pelo WEF (World Economic Forum) é composto maioritariamente por riscos ambientais e sociais, em detrimento dos habituais riscos económicos, tecnológicos e geopolíticos.

Concordo com a meta da União Europeia de redução para metade dos pesticidas usados na agricultura nos próximos dois anos. Tudo o que contribua para o fortalecimento da agricultura na UE é positivo já que permite à UE estar menos dependente de flutuações de mercado, interrupções de cadeias de abastecimento globais e, tendencialmente, ter maior controlo sobre a possibilidade de futuras pandemias.

Nos CTT efectuamos regularmente acções internas para promoção de boas práticas de protecção ambiental e preservação da biodiversidade. Incentivamos os nossos 12 mil colaboradores a adoptarem pequenos gestos que, em conjunto, podem fazer a diferença.

O “verde” está hoje, incontornavelmente, associado à protecção ambiental. Quando pensamos em verde inevitavelmente associamos a produtos e serviços “amigos do ambiente”, dado que a sociedade está cada vez mais preocupada com a sua preservação, factor que tem vindo a moldar novos perfis de consumo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo