O MIRANTE | 17-11-2022 20:00

Empresários carecem de representantes mais empenhados e determinados na defesa das empresas da região

Empresários carecem de representantes mais empenhados e determinados na defesa das empresas da região
ESPECIAL 35 ANOS DE O MIRANTE
Vítor Almeida Proprietário da Mármores Rosal - Valverde, Alcanede

A falta de literacia profissional das gentes da região bem como a pouca qualidade das vias de comunicação e a burocracia e imobilismo da Administração Local condicionam negativamente o desenvolvimento

Como tem resolvido eventuais problemas de falta de mão de obra?

Com recurso à contratação de imigrantes, nomeadamente do Brasil, Venezuela e Índia.

Os empresários estão bem representados junto dos organismos oficiais que, regra geral, encaminham os dinheiros que chegam da Europa?

Os empresários carecem de representantes mais empenhados, actuantes e determinados na defesa dos interesses e desenvolvimento das empresas da região de Santarém.

Se tiver um problema com a Finanças ou outro organismo de Estado acha que tem a ajuda que precisa por parte das associações?

Nenhuma ajuda tem sido prestada pelas associações à minha empresa na resolução de problemas com as entidades estatais.

Como é que os Institutos Politécnicos e as Escolas Profissionais podem ajudar as empresas?

Os Institutos Politécnicos podem e devem ser parceiros das empresas, quer ao nível da formação académica e profissional dos futuros trabalhadores, quer na criação ou incremento de projectos inovadores. Quanto às Escolas Profissionais as que podem ser parceiras da minha empresa são as que formem trabalhadores nas áreas de geologia, mecânica industrial, gestão de fábrica e gestão financeira.

Quais considera terem sido os maiores sucessos da região nos últimos trinta e cinco anos?

Não me recordo de todos os sucessos, mas não se pode olvidar o acentuado desenvolvimento das actividades vitivinícola e de aproveitamento dos recursos minerais, que muita visibilidade têm trazido a Santarém.

E os maiores fracassos?

A falta de literacia profissional das gentes da região, bem como a pouca qualidade das vias de comunicação e a burocracia e o imobilismo da Administração Local que condicionam negativamente o desenvolvimento.

Que alterações defende para dar mais consistência à região e que entraves existem para as concretizar?

Deve existir uma melhoria das vias de comunicação terrestres para haver maior mobilidade de pessoas e bens, o que não tem sido alcançado devido à pouca atenção das autarquias e da Administração Central.

Qual foi a altura em que se sentiu mais optimista, quer a nível profissional quer pessoal?

Quando me senti mais optimista foi em 2019, na altura em que a minha empresa concretizou o seu primeiro projecto de ampliação da fábrica, o que permitiu alcançar outra dimensão e estrutura empresariais. Como continuo a desenvolver a minha empresa prevejo que o seu futuro seja a concretização dos projectos em curso tendo em vista o aumento da sua dimensão e os bons resultados.

Como encara a notícia do interesse de um grupo de investidores privados em fazer um aeroporto em Santarém?

Um aeroporto para Santarém é excelente notícia. Trata-se de infra-estrutura essencial ao desenvolvimento da região.

Portugal é o país da União Europeia mais dependente dos fundos europeus. Já não conseguimos fazer nada sem os fundos comunitários?

Os fundos comunitários têm sido cruciais para o desenvolvimento da região, designadamente, permitindo apetrechar tecnologicamente as nossas empresas tornando-as entidades mais produtivas e socialmente relevantes.

Uma significativa parte da população recebe informação seleccionada por algoritmos e difundida automaticamente pelas redes sociais. É o seu caso?

Selecciono a informação considerada útil à empresa, mormente aquela informação destinada a melhorar a formação profissional dos colaboradores e que permite melhorar os processos de trabalho. E utilizo os meios informáticos - internet - para comunicar com os clientes, o que tem sido feito com sucesso.

Revê-se nos líderes políticos locais ou em algum em particular?

Sim, no sr. presidente da Câmara Municipal de Santarém.

O que gostaria de acrescentar?

Devem ser promovidos debates que desenvolvam a consciencialização dos empresários e os congreguem na “luta” pela resolução da falta de infra-estruturas da região e que promovam o exercício de uma cidadania actuante de modo a eliminar barreiras burocráticas ainda muito arreigadas nos organismos do Estado, Central e Local.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo