O MIRANTE | 17-11-2022 13:00

Vila Franca de Xira conseguiu captar novas empresas e teve um aumento da população activa

Vila Franca de Xira conseguiu captar novas empresas e teve um aumento da população activa
ESPECIAL 35 ANOS DE O MIRANTE
Ana Maria Lima Presidente da Fundação CEBI - Alverca do Ri

A Fundação CEBI vai manter os projectos de desenvolvimento e crescimento, em curso, nomeadamente a construção nos próximos anos de novo equipamento para satisfazer as necessidades da comunidade mais idosa.

O que poderá ser feito para melhorar o concelho de Vila Franca de Xira onde se situa a CEBI?

Oferta de habitação de qualidade para atrair população activa jovem; criação de condições para acolher mais empresas industriais, de logística, startups, etc, aproveitando e melhorando o acesso directo a várias vias de comunicação, quer rodoviárias, quer ferroviárias e a proximidade ao aeroporto, e desburocratização de processos de licenciamentos na constituição e instalação de empresas e na promoção imobiliária.

Como imagina o futuro da sua instituição?

Vamos manter os projectos de desenvolvimento e crescimento, em curso, nomeadamente a construção nos próximos anos de novo equipamento para satisfazer as necessidades da comunidade mais idosa. Com optimismo, procuraremos adaptar-nos às novas realidades.

Como encara a notícia do interesse de um grupo de investidores privados em fazer um aeroporto em Santarém?

Penso que dificilmente esse projecto avançará como aeroporto internacional. Servirá, no entanto, como mais um projecto de alternativa aos estudos de localização já realizados.

Quais considera terem sido os maiores sucessos do concelho de Vila Franca de Xira nos últimos trinta e cinco anos?

Apesar do encerramento de grandes unidades industriais o concelho conseguiu captar novas empresas, pelo que se pode considerar ainda um dos concelhos mais industrializados e com um aumento significativo da sua população activa.

E os maiores fracassos?

Não ter conseguido manter o Museu do Ar, transferido para outro concelho, ficando apenas com um pequeno núcleo. E não terem sido criadas condições para o desenvolvimento de um pólo aeronáutico de modo a aproveitar as sinergias da existente OGMA.

Como é que resolve a falta de mão-de-obra?

Embora tenhamos mais dificuldades na contratação de pessoal, quer na área da Educação, quer na Área Social, temos ultrapassado essa situação recorrendo ao IEFP e divulgando as necessidades através das redes sociais e junto de escolas com quem temos acordos de parceria. Simultaneamente temos reorganizado internamente os diversos serviços para ultrapassar as necessidades mais urgentes.

Como é divulgada a informação da CEBI?

A Fundação CEBI dispõe de um gabinete de comunicação que selecciona e prepara toda a informação, que divulga por vários meios, quer internamente quer externamente, junto dos seus clientes, amigos e beneméritos. Usa as redes sociais, tem um site e elabora uma newsletter que faz chegar ao seu público-alvo através do correio electrónico.

Está satisfeita com a localização da Fundação CEBI?

A CEBI, apesar de ter sido criada para servir principalmente a comunidade de Alverca, devido à sua localização geográfica, os seus diversos serviços (social, educação e saúde) são hoje utilizados por todos os extractos sociais do concelho de Vila França de Xira e de concelhos limítrofes. Pode assim afirmar-se que está muito bem localizada. E não esquecendo o pólo de Fonte Boa dos Nabos, na Ericeira.

Os empresários estão bem representados juntos dos organismos oficiais?

Penso que não. Embora os empresários estejam representados através de Associações e Federações, de que fazem parte, poderiam estar melhor representados. Aqueles organismos estão afastados, segundo me parece, da análise, bem como da aprovação de projectos de investimento financiados pela União Europeia.

Revê-se nos líderes políticos locais ou em algum em particular?

Sempre existiu uma grande reciprocidade entre a Fundação CEBI e os políticos locais em que é reconhecido o seu trabalho realizado junto da comunidade.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo