O MIRANTE | 19-11-2022 13:00

“Incutiram nos jovens a ideia que para serem alguém têm que ter mestrados e pós-graduações”

“Incutiram nos jovens a ideia que para serem alguém têm que ter mestrados e pós-graduações”
ESPECIAL 35 ANOS DE O MIRANTE
André Ferreira Proprietário da Xbikes Fazendas de Almeirim

A maioria da informação que recebo é seleccionada por algoritmos porque nada faço para que isso não aconteça. No entanto, apenas me foco naquilo que me interessa.

Como é que resolve a falta de mão-de-obra que é cada vez mais difícil encontrar?

Cada vez há menos formação para os ‘’não doutores’’. Foi incutido aos mais jovens que trabalhos ligados à construção, agricultura e mecânica... não são trabalhos de prestígio e que para serem alguém têm que ter licenciaturas, mestrados, pós graduações. Quando os mais jovens chegarem à conclusão que também podem ter bons salários, sendo bons profissionais, talvez haja uma reviravolta na situação.

Sabe quantas escolas profissionais existem e quantas podem ser parceiras da sua empresa?

Não sei quantas há mas não conheço nenhuma que dê formação de mecânica de bicicletas.

Qual foi a altura em que se sentiu mais optimista, quer a nível profissional, quer pessoal?

Profissionalmente estou numa fase de optimismo. Estabeleci-me por conta própria há cerca de um ano e numa fase como esta não nos podemos dar ao luxo de ter outro tipo de sentimento. A nível pessoal, a altura em que me senti mais optimista foi quando tomámos a decisão de constituir família. O nascimento dos filhos faz sobressair em nós o que de melhor temos.

É possível viver e trabalhar sem prever o futuro?

Sim é possível, até porque ninguém consegue prever o futuro. Devemos viver o dia-a-dia e darmos sempre o nosso melhor. Em relação à minha empresa, o que posso assegurar é que vamos continuar a trabalhar com dedicação e profissionalismo de maneira a aconselhar e ajudar os nossos clientes da melhor maneira possível. No futuro colheremos os frutos!

Como encara a notícia do interesse de um grupo de investidores privados em fazer um aeroporto em Santarém?

Penso que a construção de um aeroporto em Santarém seria uma mais-valia. Iria trazer mais turistas e mais passagens pela nossa região. Seria uma vantagem para todos os sectores.

Portugal é o país da União Europeia mais dependente dos fundos europeus. Já não conseguimos fazer nada sem os fundos comunitários?

Provavelmente não sou a pessoa mais indicada para responder a este tipo de pergunta, mas se existem estes fundos, porque não aproveitá-los para dinamizar o país?

Cada vez há mais pessoas que a única informação que recebem é a seleccionada por algoritmos e difundida automaticamente pelas redes sociais. É o seu caso?

Sim, penso que seja o meu caso visto que não faço nada para que isso não aconteça, no entanto, apenas me foco naquilo que me interessa... Se a informação que necessito não aparecer, cabe-me a mim ir à procura dela.

A informação mais relevante relativa à sua empresa, está a chegar aos destinatários?

Nós investimos em publicidade, quer em jornal quer nas redes sociais. Encontramo-nos no Facebook e no Instagram e fazemos um trabalho diário de maneira a estarmos o mais próximo possível do nosso público-alvo.

Se tiver um problema com as Finanças ou outro organismo de Estado acha que tem a ajuda que precisa ao nível das associações?

Evito ter problemas com esses serviços, logo nunca tive necessidade de recorrer a qualquer tipo de associação.

Revê-se nos líderes políticos locais ou em algum em particular?

Sim, gosto muito do trabalho realizado pelo presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro.

O que acha que faz mais falta na região?

Para mim o sector onde temos mais dificuldades é o da saúde.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo