Opinião | 06-01-2023 09:37

A Pocilga

Quando os autarcas, os seus familiares e/ou a sua entourage decidem abandonar o conforto da sua autarquia, para desempenhar funções governamentais ficam expostos ao escrutínio do Correio da Manhã que, se, nas autarquias, prefere as notícias de faca e alguidar, a nível nacional, diverte-se a expor o lixo que existe debaixo dos tapetes daqueles que se tornam figuras públicas nacionais.

Portugal já ultrapassou, há alguns anos, a fase do triunfo dos porcos com que termina a "Quinta dos Animais" de George Orwell. Portugal é, aliás, a continuação da história. Com efeito, já há alguns anos que os Porcos transformaram esta Quinta dos Animais numa enorme Pocilga onde só os porcos, os leitões e os leitõezinhos conseguem sobreviver e suportar o cheiro.

Quando falamos de corrupção temos sempre a mania de olhar para o topo da pirâmide, em vez de olhar para a base que a sustenta e alimenta. Como dizia José António de Almeida, “ o caciquismo não é acessório ao regime. É o próprio regime. ” As autarquias, como toda a gente sabe por experiência própria, são a corrupção em pessoa.

A pequena dimensão da esmagadora maioria dos municípios faz com que o poder económico da câmara se imponha a toda a população do concelho, impedindo que floresça qualquer actividade fora do seu controlo tutelar. Todos os munícipes, empresas, associações e jornais locais dependem da câmara e das boas graças do senhor presidente, seja para receber um subsídio, empregar o filho, ganhar um concurso, abrir um portão ou licenciar uma obra. A lei é o senhor presidente que só aplica as leis que entende e como entende. E ai de quem tiver o arrojo de se queixar ou recorrer à via judicial. Se o fizer, o melhor é fazer as malas e partir para longe, caso contrário a sua vida vai-se tornar num inferno.

Acontece que, quando os autarcas, os seus familiares e/ou a sua entourage decidem abandonar o conforto da sua autarquia, para desempenhar funções governamentais ficam expostos ao escrutínio do Correio da Manhã que, se, nas autarquias, prefere as notícias de faca e alguidar, a nível nacional, diverte-se a expor o lixo que existe debaixo dos tapetes daqueles que se tornam figuras públicas nacionais.

E não adianta procurar governantes fora deste círculo, porque esta gente é a única que suporta o cheiro da pocilga, tendo em conta que é o seu habitat natural. Felizmente que a justiça e as leis deste país são bastante condescendentes com a corrupção. “Se todos os corruptos forem presos, quem vai governar este país?

Santana-Maia Leonardo

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo