Política | 06-11-2018 10:26

“Somos civilizados e gostamos de touradas”

“Somos civilizados e gostamos de touradas”

Autarcas da Câmara de Santarém repudiam declarações da ministra da Cultura sobre a tauromaquia.

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves (PSD), repudiou as declarações da ministra da Cultura sobre a tauromaquia, nomeadamente quando Graça Fonseca afirmou, durante a discussão do Orçamento de Estado na Assembleia da República, que “a tauromaquia não é uma questão de gosto, é uma questão de civilização”.


Na reunião do executivo camarário de segunda-feira, 5 de Novembro, Ricardo Gonçalves foi incisivo: “Que fique claro: nós somos civilizados e gostamos de touradas”. O autarca referiu que as declarações da ministra Graça Fonseca são uma manifestação de intolerância e defendeu mesmo que os municípios com actividade taurina devem avançar com um processo para classificação da actividade tauromáquica como património da humanidade.

As polémicas declarações da ministra da Cultura surgiram durante a discussão do Orçamento de Estado e têm como pano de fundo a sua intenção de não baixar o IVA das touradas de 13% para 6%, como pretende fazer com diversos outros espectáculos. Uma medida que partidos como o PSD e o CDS consideram discriminatória e mais um passo para tentar acabar com as touradas.

“A tauromaquia é uma tradição nossa, é uma arte e nenhum de nós, da maioria PSD, se revê nas declarações da ministra”, declarou Ricardo Gonçalves, defendendo que o IVA deve ser à taxa de reduzida também para esses espectáculos.

O vereador Nuno Serra (PSD), também deputado à Assembleia da República, referiu que a tauromaquia faz parte da cultura popular portuguesa e reiterou que “nenhum de nós recebe lições de civilização” da ministra da Cultura, a quem acusou de ser “completamente intolerante” nessa questão.

O vereador do PS Rui Barreiro afirmou que nada tem contra as touradas, pois até é aficionado, mas que também não o incomoda que haja quem tenha opinião contrária. Acrescentou que a bancada do PS está disponível para subscrever uma posição conjunta da Câmara de Santarém sobre o assunto, desde que concordem com o seu teor.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo