Política | 14-05-2022 12:00

Tomar não avança com projecto de 2,5 milhões em Centro de Conhecimento

Empreitada do Centro de Conhecimento deveria custar 2,5 milhões. fotoDR

Município não adjudicou a contratação da empreitada de construção do Centro de Conhecimento e Valorização de Tomar pois a candidatura a fundos comunitários não foi aprovada.

O Centro de Conhecimento e Valorização que estava previsto instalar no Instituto Politécnico de Tomar (IPT) está pendente de financiamento europeu. A câmara municipal, que lidera o processo, abdicou da adjudicação do procedimento de contratação da empreitada de construção dado que a candidatura a fundos comunitários não foi aprovada.
As informações foram avançadas por Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, em reunião do executivo. Recorde-se que o Centro de Conhecimento e Valorização de Tomar pretende ser um espaço para empresas tecnológicas investirem em ideias e projectos vencedores. Estava previsto a empreitada custar cerca de 2,5 milhões de euros, mas estima-se que agora seja necessário investir cerca de 3,5 milhões de euros para colocar o projecto de pé.
Anabela Freitas esclareceu que a autarquia não quis correr o risco de iniciar um procedimento e, se a candidatura não for aprovada, ter de indemnizar a empresa construtora. “Se a candidatura for aprovada retomamos o procedimento, se não for temos que pensar num plano B”, disse. No entanto, a autarca sublinhou que a probabilidade de aprovação é reduzida e que não coloca de parte o município suportar, depois de realizar a revisão do projecto, uma boa parte dos custos da obra uma vez que entende ser “um investimento importante” para o desenvolvimento do concelho.
Os três vereadores do PSD votaram contra a não adjudicação do projecto tendo o ponto sido aprovado pela maioria socialista. Tiago Carrão diz sentir-se “enganado” uma vez que quando foi aprovada a abertura do procedimento, em Fevereiro deste ano, alertaram para a necessidade de “regularizar a propriedade onde vai ser construído o edifício”, a principal causa para o insucesso da candidatura a financiamento, afirmou.
O Centro de Conhecimento e Valorização visa a implementação de projectos empresariais inovadores e garante todas as infra-estruturas de apoio que permitam captar novas empresas ou projectos que tragam mais valias para o concelho de Tomar.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1588
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1588
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo