Política | 05-12-2022 10:00

Paulo Queimado diz que se esquece de apresentar contas da Ascensão e Parque dos Sonhos

Paulo Queimado diz que se esquece de apresentar contas da Ascensão e Parque dos Sonhos
Oposição tem reclamado o atraso na apresentação das contas de dois dos maiores eventos que se realizam no concelho da Chamusca

Gisela Matias voltou a pedir as contas da Ascensão e do Parque de Sonhos de Natal. Desta vez o presidente da Câmara da Chamusca desculpou-se com o facto de se ter “esquecido” do pedido da vereadora.

A vereadora Gisela Matias (CDU) tem pedido, em várias reuniões do executivo da Câmara da Chamusca, as contas da Festa da Ascensão e uma actualização das contas do Parque de Sonhos de Natal, mas o presidente do município continua sem as entregar. A autarca quer saber onde foi investido o dinheiro municipal nos dois maiores eventos do concelho, mas sai das reuniões camarárias sempre de mãos a vazias. Na reunião, que se realizou a 22 de Novembro, Gisela Matias obteve uma reposta caricata do presidente Paulo Queimado (PS), com este a afirmar que não levou as contas para o debate por “esquecimento”.
A insistência da vereadora da Coligação Democrática Unitária não é de agora. Nos últimos dois anos, Gisela Matias tem solicitado, em muitas sessões, as contas da Ascensão referentes ao mesmo período, mas recebe sempre do presidente da autarquia a promessa que as entrega em breve. Habitualmente a resposta de Paulo Queimado é de que “as contas ainda não estão fechadas”, mas desta vez, o presidente que está no seu último mandato, inovou e desculpou-se com o “esquecimento”.
Estima-se que o Parque de Sonhos de Natal de 2021 terá custado mais de 230 mil euros aos cofres municipais. Sobre a Ascensão, embora não tenham sido apresendatas contas, os valores apontam para mais de meio milhão de euros gastos numa festa que tem a duração de nove dias e leva à Chamusca os melhores artistas do panorama musical em Portugal, para além, como é do conhecimento público, de ser o município suportar os custos associados à organização dos espectáculos tauromáquicos.
A demora dos socialistas em entregar as contas da Ascensão também tem sido assunto recorrente nas reuniões de assembleia municipal nos últimos dois anos, com a oposição (CDU e CDS/PSD) a insistir no escrutínio. Em Junho de 2021, Paulo Queimado respondeu, mais uma vez, que as contas iam ficar fechadas nessa semana e voltou a prometer que “na próxima sessão camarária iriam ser entregues”. Um ano e meio depois nem novas nem mandadas.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo