Política | 23-12-2022 12:00

Vialonga aprova orçamento de mais de 1,5 milhões de euros

Executivo elenca nos planos para 2023 obras há muito ambicionadas pela população. Oposição critica falta de ideias.

A Assembleia de Freguesia de Vialonga aprovou esta quarta-feira, dia 21 de Dezembro, um orçamento de 1 milhão e meio de euros para 2023, o que representa um aumento de 5,91% face a 2022. Na apresentação do documento o executivo liderado por João Tremoço (PS) sublinhou que já estão reflectidos os impactos dos contratos de delegação de competências estabelecidos com a Câmara de Vila Franca de Xira. A maioria dos investimentos previstos depende de outras entidades, nomeadamente o município, tal como a construção da Escola Básica e Secundária, o famigerado nó dos Caniços, para ligação à A1, a requalificação do edifício do antigo Hospital da Flamenga, as piscinas de Vialonga e a requalificação e ampliação da EB 1 e JI de Alpriate.

Nos planos do executivo está ainda a construção de um Skate Park e de um Dog Park, além da realização das habituais actividades culturais em colaboração com o movimento associativo. As principais críticas por parte da oposição prendem-se precisamente com a falta de novas ideias. “O que eu vejo é que as mudanças não são nenhumas. Não existe uma ideia estruturalmente diferente em relação ao que já se fazia”, considera Ângela Bordalo da CDU. Também o eleito pela mesma bancada, Marcos Rebocho, aponta que a maioria das propostas das grandes opções do plano dizem estudar soluções, incentivar, analisar e prosseguir, e questiona se as 66 propostas são para cumprir ou só para encher papel.

No mesmo sentido falou Fábio Mousinho, presidente da mesa da assembleia e eleito pela Coligação Nova Geração. “Acha mesmo que este documento apresenta alguma estratégia inovadora para Vialonga? Nós apresentámos mais de dez prioridades para a freguesia mas este executivo da junta tem, por exemplo, alguma medida para combater a degradação urbana nos centros históricos da vila”, afirmou.

O orçamento acabou por ser aprovado por maioria com os votos do Partido Socialista e pela eleita do CDS. Já a CDU e o eleito do Chega votaram contra e a Nova Geração (PSD/PPM/MPT) absteve-se.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo