Política | 03-01-2023 18:00

PS chumba separação de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo

A proposta de desagregação da União de Freguesias de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, apoiada por um abaixo-assinado com cerca de 300 subscritores, foi redigida pelos cabeças-de-lista das três candidaturas da oposição à assembleia de freguesia nas últimas eleições autárquicas. Foi chumbada com seis votos contra do PS e três a favor do PSD.

A maioria socialista na assembleia da União de Freguesias de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, chumbou a proposta da oposição em desagregar essas duas freguesias do concelho de Abrantes unidas em 2013 . A proposta, apoiada por um abaixo-assinado com cerca de 300 subscritores, foi redigida por João Morgado (PSD), Clara Almeida (ALTERNATIVAcom) e Vasco Catroga (BE), cabeças-de-lista das candidaturas das respectivas forças políticas à assembleia de freguesia nas últimas eleições autárquicas. Teve seis votos contra do PS e três a favor do PSD.

Manuel dos Santos, do Partido Socialista, explicou a O MIRANTE que não faz sentido desagregar a união de freguesias, pois com essa medida foram resolvidos os problemas da população na Rua dos Marmeleiros, na zona da Estação e no Cabrito, que antes tinham de se deslocar a São Miguel do Rio Torto para tratar dos assuntos burocráticos.

"Fizemos uma auscultação porta a porta nesta zona e perguntámos onde é que queriam estar e 99,9% da população, para não dizer 100, quer continuar assim. É uma situação tão linear que nem merece discussão nenhuma", disse o autarca socialista da assembleia de freguesia, que é também o primeiro secretário da Assembleia Municipal de Abrantes.

Para o PSD, a questão não é assim tão linear. João Morgado confessou ao nosso jornal que esperava que o PS aprovasse a proposta. "Não o fez e é legítimo", adiantou, ironizando de seguida para explicar a mudança de opinião do actual executivo. "Só espero que atribuam um louvor a Miguel Relvas por ter sido um homem visionário. Na altura tanto o criticaram e o próprio Manuel dos Santos votou contra a junção, o que me deixa confuso. Bem, as pessoas podem mudar de ideias…", disse.

O líder da bancada da oposição revelou que o grupo do PSD irá agora apresentar a proposta de referendo sobre a desagregação, "Estamos a estudar a melhor pergunta a ser feita à população. Se o povo quiser manter a união de freguesias, terminaremos aí o nosso papel neste assunto", assegurou João Morgado a O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo