Política | 04-09-2023 14:13

Presidente da Castanheira e Cachoeiras bate com a porta por causa de falta de meios

Presidente da Castanheira e Cachoeiras bate com a porta por causa de falta de meios

Mário Baptista, que se tem mantido como bombeiro voluntário, fala de 22 meses de muito trabalho que passou mais por ser assistente operacional do que presidente.

A falta de gente disponível para trabalhar na Junta da Castanheira do Ribatejo e Cachoeiras provocou um desgaste elevado no presidente, Mário Baptista, que agora renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 5 de Setembro.

O autarca invocou motivos de ordem pessoal e a decisão já foi comunicada ao presidente da assembleia de freguesia, Mário Nuno Duarte, que terá de agendar na próxima assembleia a eleição de um novo vogal para o executivo para colmatar a vaga agora deixada em aberto. De acordo com a lei as funções de presidente de junta passarão agora a ser assumidas pela secretária do executivo, Florinda Roque.

* Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo