Política | 28-11-2023 18:16

PCP volta à carga pelo fim das passagens de nível na zona de Santarém

PCP volta à carga pelo fim das passagens de nível na zona de Santarém
FOTO ARQUIVO MIRANTE

“Quantas mais mortes serão precisas para acabar com as passagens de nível?”, questionam os comunistas, lembrando que só numa semana morreram três pessoas atropeladas por comboios.

A concelhia de Santarém do Partido Comunista Português emitiu um comunicado intitulado “Quantas mais mortes serão precisas para acabar com as passagens de nível?”. O PCP considera que “a morte de três pessoas, no espaço de uma semana, na Linha do Norte, entre Santarém e o Entroncamento, vem revelar a urgência da concretização do plano de eliminação das passagens de nível e da construção de passagens desniveladas que permitam garantir melhores condições de segurança para as populações, a circulação rodoviária e ferroviária”.

Na mesma nota, os comunistas referem que só no concelho de Santarém existem nove passagens de nível para veículos automóveis, na Linha do Norte, algumas delas com um fluxo de tráfego muito elevado que justificam, há muito, a construção de passagens desniveladas. São os casos das passagens de nível da Ribeira de Santarém, de Assacaias ou do Vale de Santarém, havendo projectos há muito falados para suprimir algumas delas.

O PCP recorda que já apresentou na Assembleia da República “sucessivas propostas de resolução para a concretização do plano de eliminação das passagens de nível no concelho de Santarém, com o PS e PSD a votarem contra e a impedirem assim, a abertura do caminho para a solução deste grave problema”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1651
    14-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1651
    14-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo