Política | 20-12-2023 14:23

Vereador Nuno Russo não consegue eleger-se delegado por Santarém ao congresso do PS

Vereador Nuno Russo não consegue eleger-se delegado por Santarém ao congresso do PS
Nuno Russo é vereador do PS na Câmara de Santarém com funções executivas no âmbito do acordo de governação firmado com o PSD

Eleição de delegados ao congresso nacional do Partido Socialista contou, em Santarém, com a participação de quatro listas. A lista apoiada pelo presidente da concelhia venceu e a lista do vereador que tem liderado a bancada do PS no executivo camarário não conseguiu eleger nenhum representante.

O vereador socialista Nuno Russo, que tem assumido com frequência a liderança da bancada do PS na Câmara Municipal de Santarém, sofreu um revés nas eleições internas para delegados ao próximo congresso nacional do Partido Socialista. A lista A2, liderada por Nuno Russo, integrava ainda nomes com peso político local como os do presidente da Assembleia Municipal de Santarém, Joaquim Neto, das eleitas da assembleia municipal Nádia Pereira e Dina Rocha e do presidente da Junta de Amiais de Baixo, Duarte Neto, tendo obtido apenas 16 votos que não chegaram para eleger qualquer delegado ao congresso.

A vencedora foi a lista A1, liderada por Marcelo Morgado, ex-presidente da Junta da Moçarria, que elegeu dois delegados. A lista B, liderada pelo ex-presidente da Junta de Alcanhões Luís Justino, elegeu o outro delegado. Concorreu ainda a lista C, encabeçada por José Brilhante, que contou 7 votos. Registaram-se também sete votos nulos e dois brancos. A lista vencedora contou com o apoio do presidente da concelhia de Santarém do PS, Diamantino Duarte, que tem assento por inerência no congresso.

Refira-se que as listas A1 e A2 apoiavam a candidatura de Pedro Nuno Santos à liderança nacional do PS. A lista B apoiava José Luís Carneiro e a lista C Daniel Adrião. Na concelhia de Santarém, Pedro Nuno Santos obteve 75 votos, José Luís Carneiro 30 e Daniel Adrião apenas 3.

Nuno Russo é um dos vereadores eleitos pelo PS com pelouros e em regime de tempo inteiro na Câmara de Santarém em resultado do acordo de governação que PSD e PS estabeleceram no município no início deste mandato autárquico. Uma solução que não é consensual dentro do PS escalabitano mas que tem funcionado sem grandes sobressaltos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo