Política | 18-02-2024 18:00

Bombeiros de Vila Franca de Xira vão pagar ordenado a director a tempo inteiro

Vice-presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca de Xira, Rui Lobo, vai passar a ganhar ordenado para estar a tempo inteiro na corporação fazendo a ligação entre a restante direcção e o comando. Associação tem um orçamento anual a rondar um milhão de euros.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca de Xira tornou-se este mês na primeira associação do concelho a ter um director remunerado a tempo inteiro na gestão da corporação. Algo que já acontece noutras corporações da Área Metropolitana de Lisboa. O vice-presidente da direcção, Rui Lobo, vai auferir um rendimento mensal a rondar os mil euros e a proposta foi aprovada em assembleia-geral realizada na última semana. O seu papel será gerir o dia-a-dia da associação e terá, entre outras responsabilidades, de tentar encontrar novas formas de financiamento para a instituição, bem como agilizar a ligação entre a direcção e o comando.
“Os bombeiros são uma associação com um orçamento de um milhão de euros. Isto já não se compadece com dois ou três reformados que vêm para cá umas horas e tentar gerir isto”, explica o presidente da direcção, Bernardino Lima, a O MIRANTE. O dirigente, de 72 anos, garante que vai continuar a passar os seus dias na associação como faz actualmente, pro-bono, mas realça que para a colectividade ser bem gerida na sua plenitude a existência de um director a tempo inteiro era essencial. “Fiz questão de dizer que não queria ser eu”, ressalva, lembrando que nas eleições de Dezembro de 2023 esperou até à última hora para entregar a sua lista aos corpos sociais que acabou por ser a única a concorrer.
“O artigo 24º dos estatutos prevê que em situações de alguma complexidade a direcção possa ter um dos seus membros a tempo inteiro e foi isso que apresentámos em assembleia. O Rui Lobo tem um conhecimento grande do mundo empresarial, foi bombeiro e falei com ele desta possibilidade, disse-lhe que não aguento muito mais este ritmo”, explica Bernardino Lima.
Quase quatro dezenas de associados compareceram na assembleia-geral que votou também um aumento da quotização para os sócios de 1,5 euros para 2 euros mensais. “Estas associações não vão ter outras saídas no futuro senão profissionalizar a sua gestão. Vou continuar a fazer o meu serviço e o meu horário na associação na mesma, dando do meu tempo e disponibilidade, só que mesmo assim não chega para tudo o que é preciso tratar. Estamos hoje muito bem apetrechados, o que não significa que não teremos de tentar desenvolver esta casa e levá-la mais para a frente”, explica.
16 de Fevereiro será também o último dia de Elviro Passarinho como comandante da corporação de Vila Franca de Xira por ter atingido o limite de idade. Tudo indica que será o segundo comandante, Paulo Carolino, a assumir o cargo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo