Política | 17-04-2024 15:00

Tomar disponibiliza 2,7 milhões em apoios às colectividades e freguesias

Tomar disponibiliza 2,7 milhões em apoios às colectividades e freguesias
Hugo Cristóvão, 46 anos, presidente da Câmara Municipal de Tomar

No conjunto, os apoios ao tecido associativo e às freguesias de Tomar representam um investimento directo de 12% da despesa do município.

A Câmara de Tomar vai disponibilizar em 2024 mais de 550 mil euros para apoio às actividades regulares de 106 colectividades, além de 2,2 milhões de euros para contratos interadministrativos com as 11 freguesias do concelho, anunciou o município. “Com o associativismo temos vindo sempre a crescer de ano para ano o valor de várias formas, mas o principal envelope é através do programa de apoio ao associativismo, que são este ano cerca de 600 mil euros”, disse à Lusa o presidente da Câmara de Tomar, Hugo Cristóvão (PS).

Salientando que os apoios são uma aposta no território e “dinheiro que se multiplica na economia local”, o autarca indicou que o trabalho desenvolvido pelas associações abrange as mais variadas áreas, desde a educação à cultura, desporto, ambiente, infância, terceira idade, lazer, entre outras. “As actividades desenvolvidas pelas associações contribuem muito para a qualidade de vida do concelho e também para a sua atractividade”, declarou, acrescentando que também são geradoras de riqueza e de postos de trabalho.

Hugo Cristovão destacou ainda a aprovação de uma verba na ordem dos 2,2 milhões de euros em contratos interadministrativos com as 11 juntas de freguesia do concelho. No conjunto, os apoios ao tecido associativo e às freguesias, representam um “investimento directo” de 12% da despesa do município. De acordo com o autarca, dos 2,2 milhões de euros cerca de um milhão é relativo a “contratos interadministrativos, contratos que especificam concretamente para onde é que vai esse dinheiro, para que obras é que vai esse dinheiro, na sua maioria, beneficiação de vias e estradas pelo concelho”. “Ao apostar nas freguesias, ao apostar nas associações, estamos também a garantir que a execução dessas verbas é ainda mais cuidada e ainda mais geradora do que se fosse o município a gerir sozinho e a fazer todas estas intervenções sozinho”, acrescentou.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo