Política | 09-05-2024 12:00

Junta de Cartaxo e Vale da Pinta com maior taxa de execução de sempre

Junta de Cartaxo e Vale da Pinta com maior taxa de execução de sempre
Assembleia de freguesia do Cartaxo e Vale da Pinta aprovou contas com saldo de gerência de 25 mil euros

Eleitos na União de Freguesias de Cartaxo e Vale da Pinta aprovaram contas relativas ao ano de 2023 que registou uma taxa de execução acima dos 90% e um saldo de gerência positivo de mais de 25 mil euros.

A União de Freguesias Cartaxo e Vale da Pinta aprovou na segunda-feira, 29 de Abril, em assembleia de freguesia, as contas de 2023, que revelaram uma execução de 93,42% e um saldo de gerência positivo superior a 25 mil euros. A taxa de execução é a maior desde que foi criada a união de freguesias, ultrapassando inclusive 2014, ano em que o excedente orçamental da antiga freguesia do Cartaxo permitiu amortizar uma parcela significativa do passivo assumido da antiga freguesia de Vale da Pinta, segundo informação da junta.
Em valores brutos, em 2023, a despesa paga atingiu os 558 mil euros, face a um valor previsto de cerca de 597 mil. A dívida transitada foi de cerca de dois mil euros, sendo que a dívida de médio e longo prazo se manteve nula. As operações de tesouraria pendentes a entidades terceiras foram na totalidade regularizadas em 2023, alcançando-se também um valor nulo na transição para 2024. A prestação de contas relativas a 2023 foi aprovada com os votos favoráveis dos eleitos do PSD, Chega e CDU e abstenção do PS, sendo que o saldo de gerência deste ano vai reforçar o orçamento inicial de 2024 cifrado em mais de 587 mil euros.
O executivo da autarquia, presidido por João Pedro Oliveira, salienta que esta execução foi conseguida num ano em que a junta assumiu durante todo o exercício um aumento significativo de competências delegadas pelo município. Durante o ano de 2023 a junta reforçou ainda o seu quadro de pessoal operacional. O actual executivo refere ainda que o exercício de gestão apenas foi possível pelo resultando alcançado no exercício de 2022, que conseguiu estabilizar a situação financeira, anulando o endividamento, bem como reduzindo significativamente as operações de tesouraria pendentes a terceiros.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo