Política | 03-06-2024 16:29

André Ventura meteu apoiantes em Torres Novas a gritar "nem mais um" imigrante

André Ventura meteu apoiantes em Torres Novas a gritar "nem mais um" imigrante
foto dr

Cerca de quatro centenas de pessoas compareceram num jantar/comício do Chega, em Torres Novas, onde gritaram que não querem a entrada de mais um único emigrante no país.

O líder do Chega, André Ventura, considerou que Portugal não pode receber mais imigrantes porque "está cheio" e pediu apoio à sua plateia, que gritou "nem mais um, nem mais um". "Nós estamos cheios de imigrantes e não podemos receber mais imigrantes neste país", afirmou André Ventura num jantar/comício em Torres Novas, inserido na campanha para as eleições europeias de 9 de Junho. No seu discurso perante cerca de quatro centenas de pessoas, o presidente do Chega defendeu que Portugal só deve acolher imigrantes quando tiver "condições de poder receber e não para os enviar para tendas à volta de igrejas ou a viver no metro ou nos comboios". "Precisamos de ter regras para entrar neste país", defendeu, destacando os exemplos de países como Bélgica, França ou Inglaterra nos quais "em algumas zonas a imigração islâmica tornou-se maioritária".
O presidente do Chega disse também que os portugueses não têm de ser tolerantes e que são os imigrantes que têm de respeitar enquanto estiverem a viver em Portugal. "Por isso, nós pedimos nestas eleições europeias a suspensão da entrada de novos imigrantes em Portugal até estar regularizada esta situação" de quem já está no país, voltou a defender, dando o mote: "nem mais um até termos isto regularizado e a casa em ordem". Quem o ouvia repetiu a ideia, gritando por duas vezes: "nem mais um, nem mais um".

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo