Política | 07-07-2024 15:00

Carlos Coutinho promete resolver problemas na Coutada Velha até final do mandato

Carlos Coutinho promete resolver problemas na Coutada Velha até final do mandato
Carlos Coutinho

O presidente da Câmara de Benavente, Carlos Coutinho, comprometeu-se na assembleia municipal a resolver os problemas na localidade de Coutada Velha, onde os maus cheiros provenientes de explorações pecuárias atormentam a população há anos.

A sessão da Assembleia Municipal de Benavente, realizada a 25 de Junho, em Barrosa, decorreu sem a presença de público, o que não impediu os membros desse órgão autárquico de discutir questões importantes para o concelho. O deputado municipal Paulo Cardoso, do partido Chega, foi o primeiro a tomar a palavra, trazendo à luz preocupações dos residentes na Coutada Velha, após uma reunião do seu grupo político com a população local. “As obras na Coutada Velha não se iniciaram, seja no que respeita ao saneamento básico, sejam as lombas prometidas e, além disso, continua a funcionar a agro-pecuária apesar da licença ter terminado em Fevereiro último. Continua também por construir o parque infantil”, destacou Paulo Cardoso.
Em resposta, o presidente da Câmara de Benavente, Carlos Coutinho (CDU), assegurou que está empenhado em resolver os problemas na Coutada Velha até ao fim do mandato, reconhecendo a complexidade das questões. “Irei terminar o meu mandato com um conjunto de questões resolvidas na Coutada Velha. Não são fáceis, mas aquelas pessoas que ali vivem há dezenas de anos sob o efeito das suiniculturas e dos aviários, que provocam maus-cheiros e não permitem uma qualidade de vida aceitável, merecem uma solução. Na revisão do PDM foi colocado esse objectivo. As entidades, como disse e bem, tinham até Fevereiro para saírem e não o fizeram. Não vou lá com uma pistola tirar as pessoas, mas faço aquilo que tenho que fazer em Estado de direito democrático, que é exigir que seja cumprida a lei. Quem não o fizer, responderá por incumprimento”, afirmou Carlos Coutinho.
No que toca às suiniculturas, que considera o problema mais grave, Carlos Coutinho informou que “no mês de Julho termina a última engorda, deixa de haver porcos e os proprietários já estão a desenvolver um projecto para dar outra finalidade ao terreno, de acordo com a sua classificação, que é um terreno urbano”.
Relativamente às obras, anunciou que nascerão ali cento e poucas habitações. “Vamos fazer algo muito raro neste país, que é a possibilidade de fazer um sistema de saneamento que vai custar 3 milhões de euros. Provavelmente, na maioria dos casos do nosso país, não se faria porque é um custo exorbitante por moradia. Haveremos de ter o lançamento da empreitada assim que estejam disponíveis os avisos do quadro comunitário relativamente ao ciclo urbano de água. As Águas do Ribatejo vão lançar a empreitada porque já têm o projecto concluído. Irá acontecer”, garantiu o autarca. O presidente da câmara concluiu referindo-se ao projecto da requalificação da zona central da Coutada Velha, que está “praticamente concluído e, portanto, será por breves dias que iremos lançar a empreitada”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo