uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Bombas na escola

Dois estudantes da Escola EB 2, 3 João Fernandes Pratas, em Samora Correia, foram surpreendidos no dia 20 de Novembro quando preparavam duas “bombas” dentro do estabelecimento de ensino.

Edição de 26.11.2003 | Sociedade
Ao que apurámos, os alunos terão comprado uma garrafa de acido muriático, juntaram papel de alumínio e colocaram tudo dentro de duas garrafas de plástico. De seguida, colocaram as garrafas em cima de um muro de uma propriedade contígua à escola e com uma vara pontiaguda tentaram por várias vezes picar as garrafas para provocar o rebentamento. O rebentamento foi evitado porque o proprietário do terreno avisou a direcção da escola do que estava a acontecer. Os dois jovens com 13 e 14 anos, residentes em Samora Correia, foram imediatamente chamados à direcção da escola. E foi aí que explicaram que queriam fazer uma bomba. Está em curso um inquérito de averiguações onde serão definidas as sanções disciplinares a aplicar aos dois estudantes. “Se a garrafa fosse de vidro, poderia ter sido uma tragédia”, explicou ao nosso jornal a presidente do conselho executivo, Maria Luzia Neves.

Mais Notícias

    A carregar...