uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Governo propõe Mira Amaral para presidência da CGD

Edição de 21.01.2004 | Economia
O ex-ministro da Indústria e ex-deputado eleito pelo PSD no círculo de Santarém, Mira Amaral, foi escolhido pelo Governo para ser o novo presidente da Caixa Geral de Depósitos, anunciou o Diário Económico, citando fontes governamentais.A nomeação de Mira Amaral já foi “acertada” e, com a sua entrada, deverão ser renovados vários cargos na administração da Caixa Geral de Depósitos, acrescenta o matutino económico.Mira Amaral, militante do PSD, de cujo Conselho Nacional é membro, vai substituir António de Sousa, que está há quatro anos à frente do banco público.O Diário Económico contactou Mira Amaral, mas o ex-ministro não quis comentar estas informações.Licenciado em engenharia electrónica pelo Instituto Superior Técnico, fez um “master” em economia na Universidade Nova. Mira Amaral, 58 anos, foi ministro do Trabalho e Segurança Social entre 1985 e 1987 e depois ministro da Indústria até 1995. Liderou as listas do PSD no círculo de Santarém nas eleições legislativas de 1995 e foi candidato à presidência da Assembleia Municipal de Alcanena pelo mesmo partido nas autárquicas de 2001.

Mais Notícias

    A carregar...