uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Corte Real lamenta como Junta do Sobralinho tratou discussão do PDM

Edição de 23.12.2008 | Sociedade
António Corte Real, morador do Sobralinho, freguesia do concelho de Vila Franca de Xira, entregou duas cartas à presidente da Assembleia de Freguesia do Sobralinho, Ana Sofia Pires(PS), durante a sessão do executivo realizada quarta-feira, dia 17, lamentando a forma desinteressada como foi feita a discussão da revisão do Plano Director Municipal (PDM) na freguesia do Sobralinho.Corte-Real foi um dos cidadãos da freguesia que, em Novembro, ajudou a organizar uma sessão paralela de esclarecimento sobre o PDM que originou um conjunto de propostas. Criticou também a recusa aos pedidos feitos à junta de freguesia e colectividades para cedência de um local para reunir. “O presidente da Junta de Freguesia errou e ignorou a população do Sobralinho que tinha todo o direito de ter uma sessão de esclarecimentos sobre a forma como o PDM vai afectar a sua vila”, disse António Corte Real.Ana Sofia Peres não deixou o munícipe ler o conteúdo das duas cartas na sessão do executivo justificando que “o assunto do PDM não é para ser discutido na assembleia de freguesia”, garantindo que iria ler os documentos e dar uma resposta, também por escrito, “se assim se justificar”.O presidente da Junta de Freguesia do Sobralinho, José Manuel Peixeiro(PS), respondeu a Corte Real acrescentando que estava saturado da polémica sobre o PDM dizendo que esse é um assunto que não passa pela Junta, sendo elaborado com a colaboração de várias entidades competentes. Em relação à cedência de salas foi claro ao dizer que “as instalações pertencentes à junta só podem ser cedidas a forças vivas do movimento associativo e não individualmente”, explicou o autarca.

Mais Notícias

    A carregar...