uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Uma reflexão sobre a extinção de Freguesias

Edição de 11.04.2012 | O Mirante dos Leitores
Realmente temos de pensar um “bocadinho” e perguntar como é possível um país com apenas pouco mais de 92 mil quilómetros quadrados (ilhas incluídas) se consegue governar com 4259 freguesias, sim leu bem, quatro mil duzentas e cinquenta e nove freguesias e por conseguinte 4259 Assembleias e Juntas de Freguesias. Mas há mais. Como é que um país com pouco mais 10 milhões de habitantes se consegue governar com 308 Câmaras Municipais e por conseguinte 308 Assembleias Municipais para além dos serviços que estão geralmente implantados em cada concelho desde finanças a tribunais. E assim se gasta o dinheiro dos nossos impostos. E ainda há quem ache que não se devem extinguir lugares de deputados, freguesias, câmaras e outras coisas afins. Aceitaria se viessem reclamar para começarem a fazerem as ditas reformas na Assembleia da República e só depois viessem por aí abaixo até às freguesias, pois não se pode esconder que hoje temos estradas e mais estradas e há ainda a considerar a internet, fibras ópticas que fazem com que as coisas cheguem muito rapidamente ao destino, ou seja, tudo evoluiu. Está na hora de termos vergonha e deixarmos de ser pequeninos e mesquinhos porque já se faz tarde...muito tarde! Gonçalo Rosário

Mais Notícias

    A carregar...