uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Músico de Vila Franca lança novo disco inspirado pelo quotidiano da cidade

Músico de Vila Franca lança novo disco inspirado pelo quotidiano da cidade

Paulo Brissos começou a tocar clarinete no Ateneu Artístico Vilafranquense

Já participou no festival da canção e assinou bandas sonoras de telenovelas portuguesas. Paulo Brissos, 41 anos, vive em Vila Franca de Xira, cidade onde nasceu e onde se inspirou para o seu novo trabalho, que foi apresentado no jardim Constantino Palha.

Edição de 11.04.2012 | Sociedade
O quotidiano da cidade de Vila Franca de Xira serviu de inspiração para o “Pop Blues”, o novo trabalho discográfico do músico Paulo Brissos, que foi apresentado na tarde de 9 de Abril no jardim municipal Constantino Palha com o apoio da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira. Aos 41 anos Paulo Jorge Brissos já participou no Festival da Canção, assinou bandas sonoras para telenovelas e dedica-se a tempo inteiro à arte da música e da sonoplastia. O músico diz que gosta de viver em Vila Franca de Xira e foi por isso que escolheu a cidade para apresentar o seu novo trabalho. Começou a aprender solfejo e a tocar clarinete no Ateneu Artístico Vilafranquense. Foi na colectividade que aprendeu a ser músico, incentivado pelo irmão que tocava na banda da Força Aérea Portuguesa. “As colectividades eram a forma mais convencional de se aprender música e foram elas que forneceram muitos bons músicos à nossa cultura”, refere a O MIRANTE.Hoje Paulo Brissos agarra-se a uma guitarra e ao ritmo dos blues. Tem como artistas de referência Rui Veloso ou Eric Clapton e gosta de Pink Floyd. Assume que nunca teve medo de cantar em português e admite que está na hora de as pessoas perderem a vergonha de ouvir música nacional. Já fez um disco chamado “Direitas”, fortemente influenciado pela noite de Vila Franca de Xira. Um ponto de honra é ter sempre alguém da cidade a colaborar na produção dos seus trabalhos. “Tento sempre ter participações da terra. Neste novo álbum quase toda a gente que nele trabalhou é de Vila Franca”, diz com um sorriso.O grande pulo da sua carreira foi em 1993, quando participou no Festival da Canção. Quatro anos depois rubricou um contrato com a multinacional Polygram e editou o disco “Criação”, de onde resultaram dois singles de grande rodagem nas rádios nacionais, “Serás tu” e “Criação”. Entre 2005 e 2007 formou-se em produção musical no Valência Community College em Orlando, nos Estados Unidos. Gravou um DVD acústico em 2008 e participou na banda sonora das novelas da TVI “Sentimentos” e “Mar de Paixão”. Paulo rubricou ainda a banda sonora da curta-metragem “As Maltratadas”, que venceu o prémio de melhor curta-metragem do Hollywood Brazilian Film Festival em 2010. “É difícil estar na música em Portugal sem ter uma grande editora por trás. O público conhece melhor aquilo que aparece na televisão, muitas vezes discos bem embalados mas sem qualidade. Acabam por não descobrir a boa música que os autores portugueses fazem por todo o país porque esses, infelizmente, nunca têm tempo de antena”, lamenta. Depois da apresentação de “Pop Blues” em Vila Franca, seguem-se várias acções de promoção do álbum pelo país. Todos os teus segredosO primeiro single do novo disco de Paulo Brissos chama-se “Todos os teus segredos” e pode ser descarregado gratuitamente do site no autor na Internet, em www.paulobrissos.com..
Músico de Vila Franca lança novo disco inspirado pelo quotidiano da cidade

Mais Notícias

    A carregar...