uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Mariana António luta pelos seus objectivos com toda a força e vontade de vencer

Mariana António luta pelos seus objectivos com toda a força e vontade de vencer

Aos 15 anos a atleta de Abrantes é recordista nacional em provas de barreiras e uma grande esperança do atletismo nacional e sonha com uma presença nos Jogos Olímpicos

Mariana António, natural de Abrantes, tem apenas 15 anos e é já uma promessa nacional no atletismo. A atleta do Sporting Clube de Abrantes foi, em Janeiro, considerada pela revista Atletismo a grande figura da época 2013 em iniciados: bateu os recordes nacionais dos 250 metros barreiras, dos 80 m barreiras três vezes e foi ainda a melhor nos 250 m em pista coberta. Este ano, já se sagrou campeã nacional dos 60 m barreiras em 1º ano de juvenil.

Edição de 26.02.2014 | Desporto
O gosto pela prática do desporto começou muito cedo. Com apenas 6 anos Mariana António já participava nas provas de atletismo organizadas em Abrantes por alturas das comemorações do 25 de Abril. “Comecei a achar piada e como o meu pai já tinha estado no Sporting Clube de Abrantes, falou com o professor Gonçalves que foi o meu primeiro treinador”, relembra a atleta.Os treinos começaram a fazer parte da sua vida e aos 12 anos ganhou o seu primeiro título: foi campeã nacional de heptatlo, na categoria de infantis.Actualmente, Mariana António está mais empenhada nas provas de barreiras e de velocidade, onde tem conseguido obter as suas melhores marcas. A época de 2013 foi em cheio para esta atleta que bateu vários recordes nacionais nas barreiras e nos 250 m, feitos que lhe deram o título de figura do ano em iniciados. “Não estava à espera de receber esta distinção, mas é sempre bom e motivador para continuar o bom trabalho”, afirma Mariana António a O MIRANTE.Susana Estriga, professora de educação física e também praticante de atletismo, é a actual treinadora de Mariana António. “A treinadora é exigente, tem de ter muita paciência comigo, mas não chegava onde já cheguei se não fosse ela”, reconhece a atleta.Todas as semanas Mariana António treina entre quatro a cinco vezes, durante duas horas, no Estádio Municipal de Abrantes. Para esta época, o seu grande objectivo desportivo é conseguir participar numa prova internacional. A longo prazo, a atleta aspira participar nos Jogos Olímpicos. “É o sonho de qualquer atleta”, refere, acrescentando que “é preciso muito trabalho, custa, mas quem corre por gosto não cansa”.Na época passada a atleta de Abrantes atingiu os mínimos para participar numa prova internacional ao se ter sagrado campeã nacional dos 100 m barreiras, mas não foi escolhida pela Federação Portuguesa de Atletismo para representar Portugal, tendo esta entidade alegado que a atleta era ainda muito nova. Uma desilusão que Mariana António espera que não se repita.Aluna do 10º ano, Mariana António refere que tem conseguido conciliar os estudos com a prática desportiva. Assume-se uma apaixonada pelo atletismo e tem como lema “nunca desistir perante as dificuldades”. Já chegou a partir os pulsos durante as provas de barreiras mas a atleta não desiste, “é aquilo que gosto”, afirma.
Mariana António luta pelos seus objectivos com toda a força e vontade de vencer

Mais Notícias

    A carregar...