uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
“Reconhecer o mérito aos melhores ajuda a estimular o optimismo de todos”

“Reconhecer o mérito aos melhores ajuda a estimular o optimismo de todos”

Prémios Personalidade do Ano entregues por O MIRANTE pelo nono ano consecutivo

O MIRANTE distinguiu, na quinta-feira, ao final da tarde, onze pessoas e entidades que se destacaram na região no ano de 2013. A entrega dos prémios Personalidade do Ano decorreu em Santarém, no Teatro Sá da Bandeira. Luís Vasconcellos e Souza, presidente da Agromais e Personalidade do Ano 2013, sintetizou a filosofia que presidiu à criação da distinção ao referir que ela contribui para estimular o optimismo de todos. “Estamos a ficar tristes e não há razão para sermos tristes”, declarou.

Edição de 26.02.2014 | Especial Personalidades do Ano
O reconhecimento do mérito é um importante estímulo para que o optimismo se volte a instalar num país que tem tudo para dar certo. A opinião é de Luís Vasconcellos e Souza, fundador e presidente da Agromais - Entreposto Comercial Agrícola com sede em Riachos, Torres Novas, momentos depois de ter recebido o prémio Personalidade do Ano, atribuído por O MIRANTE (ver caixa). A cerimónia esgotou a lotação do Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, na quinta-feira, 20 de Fevereiro. Estiveram presentes empresários, dirigentes associativos, políticos e muitos outros leitores de O MIRANTE. Os prémios são entregues há nove anos consecutivos e, curiosamente, a primeira vez que foram entregues a cerimónia também decorreu no Teatro Sá da Bandeira. O primeiro galardoado a subir ao palco foi o coreógrafo Tiago Guedes, 35 anos, fundador e director do Festival Materiais Diversos e director artístico do Teatro Virgínia, em Torres Novas, para receber o prémio Personalidade do Ano na área da Cultura. Nas breves palavras de agradecimento defendeu que a cultura deve ser encarada como “um factor de coesão social e de desenvolvimento económico e usada de uma forma panfletária, como acontece frequentemente aplaudindo o modo como os autarcas da região estão a olhar para a cultura. Defendeu ainda que a cultura deve ser vista de uma forma não-elitista, transversal a todas as franjas sociais. “Não deve ser vista como uma despesa mas antes como um investimento”, sublinhou, agradecendo à vasta equipa que o acompanha. O Prémio Personalidade do Ano Associativismo foi para a NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, liderada desde 2012 por Salomé Rafael. “A Nersant deve o que é hoje a um conjunto de pessoas importantes. Tem um corpo técnico altamente competente, de uma dedicação ímpar. E os empresários dos distritos de Santarém que, apesar das dificuldades, têm lutado para se manterem e crescerem”, disse, acrescentando que a associação vai manter-se muito atenta ao desenvolvimento económico das empresas da região e às oportunidades do próximo quadro comunitário 2014-2020. “Vamos reivindicar tudo a que temos direito”, prometeu. “Deixem-se de hipocrisias e defendam os milhões de seres humanos maltratados”Um dos momentos mais divertidos da gala prendeu-se com a surpresa da actuação dos Lucky Duckies (ver caixa), “uma banda não subsidiada mas sempre à cata dos subsídios” que foram distinguidos com o prémio Personalidade do Ano na categoria Cultura. Marco António, fundador e um dos vocalistas, juntamente com Cláudia Faria, aproveitou para publicitar a banda da Póvoa de Santa Iria, concelho de Vila Franca de Xira, e contar como, já lá vão 27 anos, trocou os estudos pela música. “Descobri que o Barco do Amor era mais interessante do que outro tipo de vida. Tenho lutado para que viver da música seja sustentável porque é difícil mas não impossível”, referiu, arrancando gargalhadas na plateia.O cavaleiro tauromáquico João Salgueiro, distinguido como Personalidade do Ano na área da Tauromaquia chamou a atenção para os “milhões de seres humanos e de animais que sofrem em todo o mundo” e desafiou aqueles que atacam a actividade taurina a deixarem-se de hipocrisias e a defenderem os seres humanos. O presidente do Banco Alimentar Contra a Fome de Santarém, instituição distinguida na área da Cidadania dedicou o prémio aos bancos alimentares existentes em todo o mundo e elogiou o jornal. “Também devemos uma homenagem a O MIRANTE porque é um jornal muito importante para o desenvolvimento da região”, salientou. Fátima Galhardo, 39 anos, vice-presidente da Câmara Municipal de Coruche, recebeu o prémio Personalidade do Ano Política Feminino das mãos da presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e autarca de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque. Na hora de subir ao palco foram ainda chamadas as três autarcas galardoadas nas últimas edições, Carina Oliveira, Isaura Morais e Maria da Luz Rosinha. “Este prémio não é para mim. É para todos aqueles que me ajudaram a chegar aqui sobretudo para quem me convidou a integrar a sua equipa há 12 anos: Dionísio Mendes (ex-presidente da Câmara de Coruche)”, salientou Fátima Galhardo, que dedicou ainda a distinção ao actual presidente da autarquia Francisco Oliveira e ao filho Bernardo Mendes. Ricardo Gonçalves, actual presidente da Câmara Municipal de Santarém, foi distinguido com o prémio Política Masculino. Seguindo o lema da iniciativa Personalidade do Ano que é “Qualquer momento é bom para dizer isto é justo”, O MIRANTE chamou ao palco para acompanharem o premiado, Vasco Cunha, Pedro Ribeiro, Dionísio Mendes, Paulo Caldas e Mário Pereira, que foram Personalidades do Ano em anteriores iniciativas. Ricardo Gonçalves, primeiro militante do PSD a ser eleito presidente da câmara da capital do distrito e que só não teve maioria absoluta por dois votos, fez questão de destacar o trabalho de toda a sua equipa. O ginasta Bruno Nobre, atleta de Santo Estêvão, Benavente, recebeu o Prémio Personalidade do Ano na área Desporto Masculino, fez-se representar pelo amigo Vítor Varejão. Ausente da cerimónia por motivos profissionais não deixou de agradecer a distinção através de uma gravação em vídeo. “Procurarei honrar esta distinção continuando a partilhar com todos os fenómenos desportivos que tanto ensinam e alargam horizontes”, testemunhou. As jovens atletas da equipa sénior feminina “Os Águias” de Alpiarça, que subiram ao palco para receber o Prémio Personalidade do Ano Desporto Feminino, salientaram que a distinção é fruto de um trabalho e esforço colectivo. Fernando de Jesus, 77 anos, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Tomar, distinguido com o Prémio Personalidade do Ano Vida, sentiu-se honrado com a distinção e agradeceu a todos os que com ele trabalham há mais de 17 anos na liderança da instituição e durante toda a sua vida em muitas outras causas que abraçou e trabalho profissional que desenvolveu. A ideia que, por detrás de uma Personalidade do Ano existe uma “Personalidade Equipa” foi, aliás, sublinhada por todos os galardoados na hora em que o seu mérito foi premiado. Glamour e nostalgia dos Lucky Duckies animam personalidadesA actuação surpresa dos Lucky Duckies, que minutos antes tinham subido ao palco para serem distinguidos com o Prémio Personalidade do Ano Cultura, foi um dos momentos mais descontraídos da cerimónia, que durou uma hora e meia. Os vocalistas da banda, Marco António e Cláudia Faria, interpretaram três temas, um dos quais da sua autoria, do espectáculo “Glamour & Nostalgia”. O cantor disse que nunca costuma actuar sem o resto da banda mas abriu uma excepção para esta cerimónia de O MIRANTE, trazendo os músicos “compactados” num vídeo que foi exibido durante a actuação. Para além de Marco António e Cláudia Faria (vocalistas), integram os Lucky Duckies o guitarrista João Santos, o contrabaixista Pedro Rolão, o baterista Isaac Achega e o pianista João Carreira. Marco António aproveitou a presença de ilustres presidentes de câmara na sala para desenvolver uma acção de marketing do seu projecto. “Se gostarem de nós, contratem-nos”, apelou.
“Reconhecer o mérito aos melhores ajuda a estimular o optimismo de todos”

Mais Notícias

    A carregar...