uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Livro sobre presidentes de câmara de Rio Maior de antes do 25 de Abril

Edição de 28.05.2014 | O Mirante dos Leitores
Concordo plenamente com as ideias do senhor vereador da CDU, Augusto Figueiredo. Sou natural do concelho de Rio Maior, conheço bem a sociedade riomaiorense e na realidade ainda existem muitos ‘vestígios’ do fascismo e do antigo regime. Exemplos Chamar de ‘menina’ a senhoras que hoje têm quase 80 anos e que têm de vender património para sobreviver porque embora lhes custe aceitar os trabalhadores adquiriram direitos e há muito que não trabalham por uma esmola; o operário que não é bem atendido em certas pastelarias, ainda hoje ditas das elites; a vaidade de alguns empregados da câmara municipal, por serem funcionários públicos e terem um bom emprego e poder! Enfim, o fascismo tem raízes em Rio Maior e à custa disso e das mentalidades que não mudaram, nem mudarão nos próximos anos, Rio Maior é uma cidade (?) de aparências e de gente falida mas que tem “nome” como no tempo da velha senhora. Ainda bem que emigrei em 2011!Paula Alexandra Gomes

Mais Notícias

    A carregar...