uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

O esquecimento em que caiu a Guerra Colonial e o 25 de Abril

Edição de 04.03.2015 | O Mirante dos Leitores
A estupidificação crescente da sociedade é alimentada por políticas de educação fracassadas e por conteúdos idiotas dos meios de comunicação social, tanto ao nível do entretenimento como da informação. Falando de jornais e de televisões, acho que os editores estão tão atarantados que acreditam que só conseguem audiências dando-nos lixo, crime e sexo. E a cada nova dose dessas tretas mais leitores se afastam ficando apenas aqueles que sabendo juntar palavras não sabem ler nem pensar. Houve uma guerra colonial de 1961 a 1974 onde morreram milhares de jovens portugueses e onde muitos outros ficaram traumatizados física e psicologicamente para toda a vida. Muitos desses homens estão vivos e sofrem duplamente. Pelas sequelas da guerra e pelo esquecimento a que foram votados. Quanto aos que fizeram o 25 de Abril a ingratidão da maioria de nós para com o seu gesto diz muito sobre aquilo em que nos transformámos. Não sou daqueles que reclamam outro 25 de Abril. Tivemos a sorte de ter tido um e por isso só nos resta aproveitá-lo melhor porque ele continua vivo na liberdade que nos foi dada de fazermos e dizermos o que quisermos. Infelizmente passamos demasiado tempo a culpar os outros e a exigir dos outros aquilo que não fazemos, em vez de metermos mãos à obra de nos transformarmos em pessoas melhores, mais educadas, mais cultas, mais tolerantes, mais humanas e mais activas.   João Manuel de Matos Sequeira

Mais Notícias

    A carregar...