uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Bispo de Leiria/Fátima apela à honestidade da hotelaria em relação aos preços

Bispo de Leiria/Fátima apela à honestidade da hotelaria em relação aos preços

Em causa a eventual especulação de preços durante as comemorações do centenário das aparições

Edição de 16.02.2017 | Sociedade

O bispo de Leiria/Fátima, António Marto, apelou para que haja “honestidade” nos preços praticados durante a visita do Papa ao Santuário, alertando para as práticas de “alguns” operadores. “Um aspecto que fica salientado pela comunicação social é o de que tem havido, porventura, uma exploração de preços. Nem todos têm praticado esta exploração, mas o meu apelo é que haja honestidade nesta questão dos preços, em relação à procura dos peregrinos”, sublinhou António Marto, que falava aos jornalistas à margem do Encontro Anual de Hoteleiros, que decorreu em Fátima.
Apesar de não ser “um polícia para poder andar a averiguar”, o bispo de Leiria/Fátima fez questão de alertar para as práticas de preços por parte de alguns empresários, durante o evento, onde estiveram mais de 80 hoteleiros e 11 entidades ligadas à hotelaria.
Vários órgãos de comunicação social constataram que há hotéis que estão a praticar preços acima dos mil euros para a noite de 12 para 13 de Maio. No entanto, António Marto sublinhou que não são todos os empresários do sector que praticam tais preços. “Cuidemos de ser acolhedores”, frisou, esperando que a celebração do centenário seja “marcante, quer para os peregrinos que aqui vêm e esperam um bom acolhimento, quer para aqueles que estão aqui com a tarefa e missão de os acolher”.
“Que haja peso e medida em tudo e neste aspecto. Senão, damos uma má imagem de nós mesmos”, realçou o bispo de Leiria/Fátima.
De acordo com o vice-presidente da Associação Empresarial Ourém-Fátima (Aciso), Alexandre Marto, a noite de 12 para 13 de Maio é uma noite que normalmente está cheia, considerando que “a política habitual dos hotéis não é a de especular nessas datas”.
“Os hotéis estão a vender ao mesmo preço que vendem todos os 13 de Maio”, preço que não ultrapassa o praticado no Verão, “por exemplo no Algarve”, notou Alexandre Marto, admitindo que poderá haver um ou outro caso pontual de venda de quartos a preços excessivos.
Fátima “continua a ser, porventura, o destino mais barato de todo o país, com o preço médio mais baixo de todo o país”, salientou, referindo que o preço médio para a noite de 12 para 13 de Maio estará abaixo “dos 250 euros por quarto”.

Bispo de Leiria/Fátima apela à honestidade da hotelaria em relação aos preços

Mais Notícias

    A carregar...