uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Programador do Sá da Bandeira, director artístico, dramaturgo e tudo

Edição de 23.11.2017 | O MIRANTE dos Leitores

Quatro representações da peça “O Mandarim - Apóstrofe e Paciência”, escrita pelo programador do Teatro Sá da Bandeira, de Santarém, de seu nome Pedro Barreiro, a partir de um texto de Eça de Queirós, esclareceram-me sobre os grandes elogios que o mesmo fez a si mesmo, na sequência da notícia sobre a não renovação da avença que tem com a Câmara Municipal de Santarém.
Disse o também responsável pela direcção artística e dramaturgia desta peça, e grande mestre do auto-elogio, que não compreendia porque eram dadas notícias da não renovação da sua avença com a Câmara de Santarém na sequência de ter chamado medíocre ao presidente Ricardo Gonçalves uma vez que a programação daquela sala nunca foi tão boa como durante o período em que tem sido ele a tratar da coisa.
Eu, embora não resida em Santarém, costumava assistir a muitos espectáculos que eram apresentados no Sá da Bandeira, muito tempo antes do crítico do presidente da câmara, adaptador, director artístico e dramaturgo e filho do vereador Rui Barreiro, ter sido encarregue de fazer a programação. Depois afastei-me por não gostar do que era proposto aos candidatos a espectadores.
O tal Pedro Barreiro pode ser presunçoso pelo facto de ser muito elogiado por amigos, familiares, intelectuais da beterraba vermelha e artistas que querem palco e contratos mas a mim e a outros como eu ele não convence. Ele pode chamar-me matarruano, medíocre, ignorante, besta quadrada, inculto e até medíocre como o Ricardo Gonçalves mas eu não me importo. Insultos de pessoas como ele soam a elogios. Só espero que a câmara contrate alguém que perceba que os espectáculos do Sá da Bandeira não são só para fulaninhos que se auto elevaram a elites bem pensantes.
Mário Marcelino Trigo

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido