uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Câmara de Azambuja paga busto do Cónego João Canilho
Busto do cónego João Canilho em Azambuja foi inaugurado no dia 11 de Fevereiro de 2018

Câmara de Azambuja paga busto do Cónego João Canilho

Autarquia atendeu ao pedido do Centro Social e Paroquial e vai despender 7 mil euros. Proposta para o município suportar a despesa foi aprovada sete meses depois da inauguração da peça escultórica e levantou reservas à oposição.

Edição de 19.09.2018 | Sociedade

A Câmara de Azambuja vai financiar na totalidade o busto de homenagem ao cónego João Canilho, encomendado pelo Centro Social e Paroquial de Azambuja. O apoio financeiro da autarquia foi de sete mil euros, valor total da peça escultórica. Os vereadores da oposição manifestaram a sua perplexidade com o valor que a autarquia vai pagar por uma obra encomendada pelo Centro Social e Paroquial de Azambuja mas acabaram por votar a favor.
O ofício enviado pelo Centro Social e Paroquial de Azambuja data de 8 de Março deste ano mas só na última reunião de câmara, realizada a 4 de Setembro, foi apresentado à vereação. Luís de Sousa diz que se esqueceu de agendar a proposta mais cedo, referindo que “mais vale tarde do que nunca” e que enquanto for presidente vai apoiar as homenagens que os seus munícipes, associações e outras entidades queiram fazer a pessoas importantes para o concelho.
O vereador Rui Corça, da coligação liderada pelo PSD, referiu-se à proposta apresentada como sendo uma “perplexidade”. Reiterou que nada tem contra a homenagem ao cónego, mas não entende como é que o Centro Social e Paroquial encomenda um busto e “manda a conta para a câmara pagar”.
Rui Corça fez ainda notar que os sete mil euros financiados pela autarquia representam um valor muito superior ao apoio anual atribuído pela autarquia à mesma instituição para desempenhar a sua função social. Também o vereador David Mendes (CDU) criticou o acto dizendo que não acha “normal” uma entidade “apresentar a conta a terceiros”, vincando nada ter contra a homenagem a João Canilho.
A proposta acabou por ser aprovada por unanimidade mas ficou o aviso de Rui Corça para o executivo socialista “não perder o foco” naquilo em que deve ser aplicado o “dinheiro público”.
João Canilho foi homenageado com um busto no dia 11 de Fevereiro de 2018. Bastante ligado às causas sociais, o cónego foi pároco de Azambuja e de Vila Nova da Rainha de 1968 até à data do seu falecimento, em Novembro de 2014. Também foi vigário geral do Patriarcado de Lisboa, entre 2004 e 2013.

Câmara de Azambuja paga busto do Cónego João Canilho

Mais Notícias

    A carregar...