uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Morre em acidente quando seguia com amigos para almoço de convívio
FOTO DR - João Paulo Nunes morreu a poucos metros da empresa onde trabalhava em Ourém

Morre em acidente quando seguia com amigos para almoço de convívio

José Paulo Nunes seguia no banco de trás de um automóvel que foi atingido pela queda de um pinheiro na zona de Ourém

Edição de 21.11.2018 | Sociedade

José Paulo Nunes, 58 anos, residente em Ourém, morreu no sábado, 10 de Novembro, após um pinheiro ter atingido o automóvel ligeiro em que seguia, na Estrada Nacional 113, na localidade de Moinho da Areia, concelho de Ourém, a poucos metros do local onde trabalhava.
O desenhador projectista da empresa Tecnorém – Engenharia e Construções S.A. e membro da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém, tinha acabado de sair do trabalho para ir almoçar com um grupo de amigos e colegas da empresa quando a tragédia aconteceu.
O acidente ocorreu pelas 12h06. Os meios de socorro ainda realizaram manobras de reanimação, mas sem sucesso. O óbito foi confirmado ainda no local. Zé Paulo, como era tratado, seguia no banco de trás e não se apercebeu da queda da árvore que deixou o tejadilho do carro em cima dos bancos. Mais sorte tiveram o condutor do veículo atingido, um Audi A4, e o passageiro que seguia ao lado que, ao repararem na queda do pinheiro, conseguiram baixar-se e proteger-se, saindo ilesos do acidente.
O pinheiro, que teria mais de 10 metros de altura, estava a poucos metros da estrada, num terreno com forte inclinação. Encontrava-se seco e soltou-se da terra numa altura em que chovia e fazia vento forte, caindo para a estrada no momento em que o veículo ia a passar. O corpo foi removido para autópsia, em Tomar.
José Paulo Nunes era um dos funcionários mais antigos da empresa Tecnorém e era habitual juntar-se com os amigos e colegas para confraternizar quando não estavam a trabalhar. Foi bombeiro na corporação de Ourém durante vários anos e actualmente fazia parte, como vogal, da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros de Ourém. No quartel o ambiente é de grande consternação perante esta tragédia..

Morre em acidente quando seguia com amigos para almoço de convívio

Mais Notícias

    A carregar...