uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Clientes do La Boheme em Santarém podem beber um café e comprar a mesa
foto DR Sílvia Mota é coleccionadora de antiguidades

Clientes do La Boheme em Santarém podem beber um café e comprar a mesa

Sílvia Mota abriu uma casa de arte e de restauração muito especial.

Edição de 19.12.2018 | Economia

La Boheme - galerie d’art et Boissons, no 109 da Rua Serpa Pinto, em Santarém, é um espaço especial criado por Sílvia Mota. É um salão de chá onde também se pode desfrutar de um bom vinho, ver uma exposição de arte, ouvir música ou cantar, comprar uma peça ou um quadro que façam parte da decoração ou até a própria cadeira.
O La Boheme serve pequenos-almoços, almoços, chás, lanches e jantares e é, ao mesmo tempo, uma galeria em que todas as peças estão à venda. Além disso promove actividades culturais nas noites de sexta e sábado, que podem assumir a forma de música de piano, declamação de poesia, representação teatral ou fado. “Qualquer pessoa que queira cantar tocar ou representar poderá fazê-lo no nosso espaço. É um espaço ligado às artes onde basicamente vale tudo”, explica a proprietária.
Sílvia Mota está no ramo da restauração há cerca de um ano. É um novo desafio que encara com naturalidade. Nas artes e na decoração já tem experiência, conseguida à frente de duas empresas de sucesso, uma na região e outra no Douro. Sílvia Mota refere que a ideia para o La Boheme surgiu por causa das antiguidades que coleccionava e às quais ninguém dava valor. “Comecei a remodelá-las e a reinventá-las e percebi que a atitude das pessoas perante as mesmas era diferente. Havia muita receptividade. Como gosto muito de antiguidades, achei que seria engraçado fazer um espaço onde pudesse despertar a curiosidade das pessoas criando assim um espaço ligado às artes onde, ao mesmo tempo se pudesse beber um chá ou comer uma refeição ao som de música”.
A receptividade tem sido boa e até já há clientes que, sabendo do interesse da proprietária por antiguidades e dos conhecimentos que tem nessa área, lhe pedem ajuda para encontrar determinadas peças do seu gosto.
Natural de Lisboa, mas a residir em Santarém, Sílvia Mota tem também outros interesses. Diz estar, por exemplo, a finalizar um projecto de turismo rural, denominado Douro Miragaia Hotel, a partir da reabilitação de um solar do século XVII.
La Boheme funciona de segunda-feira a quinta-feira das 09h30 às 22h00 e às sextas e sábados, das 09h30 às 02h00. No âmbito das iniciativas regulares que promove, o espaço recebe o lançamento de um livro de Rita Veríssimo no dia 15 e no dia 22 de Dezembro Cali Boreaz apresenta Outono azul a sul.

Clientes do La Boheme em Santarém podem beber um café e comprar a mesa

Mais Notícias

    A carregar...