uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Azambuja e Ourém com as casas mais caras da região
Preço das casas continua a subir

Azambuja e Ourém com as casas mais caras da região

Azambuja e Ourém são os concelhos com o preço médio de venda de habitação mais elevado por metro quadrado. Sardoal e Mação estão no extremo oposto da tabela que engloba os municípios do Médio Tejo e da Lezíria.

Edição de 22.05.2019 | Economia

O preço médio de venda por metro quadrado (m2) de alojamentos familiares na região da Lezíria do Tejo tem o pico em Azambuja, onde o m2 custa 757 euros, e o valor mais baixo na Chamusca, com um preço de 439 euros/m2. Já no Médio Tejo os valores mais elevado e mais baixo vão para Ourém e Sardoal, atingindo os 724 euros/m2 e 272 euros/m2, respectivamente.
A nível nacional o preço mediano de venda de habitação aumentou para 996 euros por metro quadrado, destacando-se Lisboa e Porto com taxas de crescimento superiores a 23%, relativamente ao ano anterior. Os números respeitam ao quarto trimestre de 2018 e foram divulgados a 7 de Maio pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
Voltando à região, numa análise dos valores da Lezíria do Tejo, depois de Azambuja surgem com valor médio mais elevado Coruche (711 euros/m2), Benavente (700 euros/m2), Salvaterra de Magos (675 euros/m2) e só depois a capital de distrito, Santarém, com 650 euros/m2. Entre os valores mais baixos, depois da Chamusca, estão Alpiarça (543 euros/m2), Golegã (558 euros/m2), Almeirim (573 euros/m2), Rio Maior (612 euros/m2) e Cartaxo (626 euros/m2).
Já no Médio Tejo, à excepção de Ourém, os valores são genericamente mais baixos. Vila Nova da Barquinha e Tomar (618 e 611 euros/m2, respectivamente) surgem depois de Ourém e são seguidos por Torres Novas, Entroncamento, Ferreira do Zêzere e Constância, que rondam os 552 euros/m2. Alcanena e Abrantes apresentam valores semelhantes (479 e 470 euros/m2, respectivamente). Com os valores mais baixos do Médio Tejo no preço médio de venda de habitação estão Sardoal e Mação, com apenas 19 euros de vantagem por metro quadrado para Mação (291 euros/m2).
Dos 42 municípios portugueses analisados, Lisboa lidera o ranking dos preços mais elevados, seguida por Cascais, Oeiras, Loulé, Lagos, Albufeira, Tavira, Porto, Lagoa, Funchal e Odivelas, municípios onde os valores médios de venda superam os 1.500 euros/m2. Pampilhosa da Serra, Penamacor e Freixo de Espada à Cinta, surgem no extremo oposto com o valor por metro quadrado inferior aos 200 euros.

Preços de Vila Franca de Xira entre os mais baixos da AML

De acordo com o INE, Lisboa (3.010 euros/m2) registou o preço mediano de vendas de habitação mais elevado do país. Inserido na Área Metropolitana de Lisboa, que registou um valor médio de 1.333 euros/m2, está o concelho de Vila Franca de Xira com um dos valores médios mais baixos dentro da Área Metropolitana, 1.046 euros/m2, só acima de Sintra (1.002 euros/m2).

Azambuja e Ourém com as casas mais caras da região

Mais Notícias

    A carregar...