uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Militantes do PS de Benavente querem afastar Pedro Pereira da liderança
Francisco Cordeiro e José Augusto garantem que Pedro Pereira não olha a meios para atingir os seus fins políticos

Militantes do PS de Benavente querem afastar Pedro Pereira da liderança

Visado diz-se alvo de “campanha negra e caluniosa”

Edição de 18.06.2019 | Sociedade

Estalou o verniz no PS de Benavente. Depois de o presidente da concelhia e vereador, Pedro Pereira, ter criticado publicamente a vereadora do mesmo partido na Câmara de Benavente, Florbela Parracho, um grupo de militantes quer afastá-lo da liderança da concelhia. Num comunicado enviado à comunicação social, duas dezenas de militantes não poupam críticas a Pedro Pereira. Falam da “forma ridícula e entediante como se autoelogia e ao mesmo tempo se vitimiza” e nas tentativas de humilhar e insultar “todos os que cometam a ousadia de não se submeter aos [seus] caprichos”.
“Durante cinco ou seis anos não se fizeram reuniões de militantes”, acusam os subscritores no documento, denunciando que o “líder da concelhia, apenas concedia privilégios de audição individual a cada militante, sem lhes conceder qualquer participação no processo de decisão”, numa tentativa de “controlar e manipular os acontecimentos”.
Num comunicado que o próprio apelida de “genérico”, Pedro Pereira refere que “alguns se lembram de [o] atacar de forma desonesta e maldosa”, através de uma “campanha negra e caluniosa, sustentada em mentiras grosseiras, com fins de conquistarem o poder na concelhia e ao mesmo tempo servirem interesses pessoais”. Acrescenta que vai “continuar a resistir a tudo, cumprindo os mandatos com lealdade, mesmo nestas condições lamentáveis que dão uma péssima imagem da política afastando os eleitores”.
As próximas eleições para a comissão da concelhia estão agendadas para 2020, e ao que tudo indica irão a votos duas listas, uma encabeçada pela vereadora na Câmara de Benavente, Florbela Parracho e outra por Pedro Pereira. A socialista já assumiu a sua candidatura, novidade que, segundo os militantes, Pedro Pereira “não tolera”. Recorde-se que em Abril Pedro Pereira desancou publicamente a “camarada”, chamando-a de imatura e politicamente inexperiente, entre outros insultos.
Pedro Pereira mantém o braço de ferro com a CDU, insinuando agora que esta força política, que lidera a Câmara de Benavente, orquestrou a revolta dos militantes do seu partido. “A CDU está a estender todos os tentáculos, inclusive utilizando militantes do PS, para evitar aquilo de que tem medo que aconteça: a derrota e perda de poder”, afirma o socialista em comunicado.

Militantes querem um PS unido
Numa tentativa de solucionar o conflito dentro do partido, alguns militantes que agora assinam o comunicado apresentaram uma proposta na última reunião da concelhia, a 11 de Abril, para “democratizar e unir as duas sensibilidades” - entenda-se os apoiantes de Pedro Pereira e os apoiantes de Florbela Parracho. “Queremos que o partido se organize democraticamente e com transparência”, refere José Augusto, sublinhando que a ideia seria apresentar uma lista única. Mas ressalva: “Com o Pedro a encabeçar está fora de questão”.
Os militantes dizem acima de tudo estar a lutar por um “processo de escolha limpo”. Para não deixar dúvidas salientam: “A nossa luta não é contra Pedro Pereira em particular. É contra todos os que, como ele, atropelem tudo e todos para satisfazer a sua ambição. E se os militantes decidirem escolher um qualquer Pedro Pereira não levantaremos objecções”.

Militantes do PS de Benavente querem afastar Pedro Pereira da liderança

Mais Notícias

    A carregar...