uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Jovem da Golegã continua desaparecido
Francisco Cruz

Jovem da Golegã continua desaparecido

Bombeiros já suspenderam as operações de buscas no rio Tejo.

Edição de 15.01.2020 | Sociedade

Francisco Cruz, o jovem natural da Golegã que está desaparecido desde o dia 22 de Dezembro de 2019, ainda não foi encontrado. Os bombeiros suspenderam, entretanto, as buscas no rio Tejo, que duraram vários dias e envolveram dezenas de pessoas, entre familiares, bombeiros, mergulhadores, guardas e um piloto de aeronave.
“Fizemos todos os esforços e utilizámos todos os meios disponíveis para encontrar o jovem, mas não conseguimos. As operações de buscas ficam agora da competência exclusiva das autoridades policiais”, adiantou a O MIRANTE o comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém, José Guilherme.
Suspeita-se que Francisco Cruz, de 30 anos, residente em Alpiarça, se tenha atirado ao Tejo da Ponte D. Luís, em Santarém, onde o seu carro foi encontrado a meio do tabuleiro. Logo após o alerta, pela 01h39 de 22 de Dezembro, os bombeiros iniciaram buscas no rio, numa primeira fase apenas terrestres, mas que se alargaram a meios aquáticos assim que a visibilidade o permitiu.
Francisco Cruz, natural da Golegã, trabalhou durante alguns anos na empresa Mendes Gonçalves, na Golegã, e até há um mês e meio desempenhava funções como comercial na Quinta da Atela, em Alpiarça. Tem uma filha menor.

Jovem da Golegã continua desaparecido

Mais Notícias

    A carregar...