Sociedade | 16-09-2016 00:02

Tiago Batista atende clientes sem ouvir os seus pedidos

Tiago Batista atende clientes sem ouvir os seus pedidos
SANTARÉM

Jovem é surdo de nascença mas isso é um pequeno pormenor que não o impede de trabalhar e conviver com os clientes.

Tiago Batista tem 31 anos, é empregado de balcão e destaca-se pela sua simpatia e boa disposição. O facto de ser surdo é um detalhe que não o impede de trabalhar e lidar com os clientes. Sempre que Tiago vê um cliente habitual à porta vai logo preparar o seu pedido. O cliente não precisa pedir o que quer porque o jovem já sabe o que vai ser. "O Tiago tem uma memória visual muito boa e decora a cara dos clientes e o que eles costumam pedir por isso antecipa-se e quando o cliente se senta já lá tem o seu pedido", conta Ana Batista, mãe de Tiago.

O MIRANTE esteve uma manhã no café/pastelaria "A Padeirinha", em Santarém, onde Tiago trabalha há cerca de dez anos e observou a relação com os clientes. Nessa manhã Tiago tinha acabado de regressar de férias e algumas pessoas sentiram a sua falta. Uma senhora que ali vai todos os dias toca-lhe nas costas para o jovem sentir a sua presença. Tiago cumprimenta-a com um sorriso rasgado e uns olhos azuis brilhantes. A cliente pergunta-lhe se gostou das férias e diz que já sentia a sua falta. Tiago sorri e acena com a cabeça.

"Ele comunica muito com as pessoas e elas adoram o Tiago. Quando não se entendem verbalmente o Tiago escreve num papel para transmitir o que quer dizer. Ele consegue ler muito bem os lábios por isso, se falarmos pausadamente, e palavras fáceis entende o que lhe dizem. Eu entendo pouco de linguagem gestual mas com as palavras que sei conseguimos entender-nos. O Tiago é muito dado, muito simpático, muito curioso e um excelente amigo", explica Ana Batista.

A mãe de Tiago adoptou-o quando ele tinha dois meses e no dia seguinte percebeu que o filho não ouvia.

* Entrevista completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1458
    29-04-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1458
    29-04-2020
    Capa Vale Tejo