Sociedade | 07-11-2018 12:59

Rosa Grilo escreve à ex-mulher do amante

Rosa Grilo escreve à ex-mulher do amante

Pede desculpa por ter envolvido António Joaquim na investigação da morte do triatleta.

A partir da cadeia, Rosa Grilo, continua a escrever e enviar cartas, numa tentativa de ilibar António Joaquim de qualquer envolvimento na morte do triatleta. A viúva e o seu amante estão em prisão preventiva desde 29 de Setembro, por suspeitas de terem planeado e executado a morte de Luís Grilo.

Desta vez, Rosa Grilo escreve a Fernanda, ex-mulher do seu amante, pedindo-lhe perdão por ter envolvido o nome de António Joaquim, na investigação. "O Tó foi envolvido por estupidez minha (...) peço-te perdão pela tristeza que te provoquei", pode ler-se na carta enviada, a que a revista TV Mais teve acesso.

A alegada co-autora do homicídio que ocorreu nas Cachoeiras, a 15 de Julho, sublinha que António Joaquim nunca gostou verdadeiramente dela e que jamais o incentivou a sair de casa e deixar a família. "Por temer que se mate", escreve Rosa, pede à ex-mulher que não abandone António Joaquim na fase da sua vida.

Fernanda e os dois filhos têm visitado, com frequência, António Joaquim na cadeia anexa às instalações da Polícia Judiciária em Lisboa.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo