Sociedade | 16-02-2019 12:30

Secundária Gago Coutinho de Alverca com nova promessa de obra

Há oito anos que alunos e professores esperam pelos trabalhos.

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, estimou esta semana a poucos meses das eleições europeias que as obras de requalificação e ampliação da secundária Gago Coutinho, em Alverca do Ribatejo, possam ser retomadas em breve. A obra, com um custo a rondar os 10 milhões de euros, irá durar 18 meses e o contrato com o empreiteiro já foi assinado, adiantou o governante. A obra já tem também o visto do Tribunal de Contas. O valor base do procedimento inclui trabalhos de conclusão das obras que lá existem, estuques, pinturas, revestimentos, estruturas metálicas, alvenarias, carpintarias, trabalhos estruturais, canalizações e condutas, saneamento, jardins, redes eléctricas, movimentação de terras e outras.

O ministro anunciou o arranque das obras em três estabelecimentos de ensino considerados prioritários para o actual governo, incluindo Alverca, o Conservatório Nacional de Música e Dança e a secundária do Monte da Caparica, num montante total de intervenções a rondar os 30 milhões de euros. A escola está há oito anos transformada num estaleiro de obras desde que os trabalhos de requalificação e ampliação foram interrompidos pela empresa pública Parque Escolar por causa da crise financeira. Tem mais de 1.100 alunos no horário diurno e meio milhar no pós-laboral.

* Notícia desenvolvida na próxima edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Médio Tejo