Sociedade | 03-05-2019 23:13

Alunos belgas em visita de estudo no Casal do Gavião do Meio

Alunos belgas em visita de estudo no Casal do Gavião do Meio
Foto D.R.

Jovens estudantes cumprem programa de actividades que valorizam o conhecimento dos valores locais ligados às tradições, à história e aos usos e costumes. Iniciativa realiza-se há quatro anos.

Um grupo de cerca de duas dezenas de alunos e professores do Departamento de Geografia da Universidade de Ghent [Bélgica] está desde 30 de Abril até este sábado, 4 de Maio, a participar numa visita de estudo na propriedade de Casal do Gavião do Meio, situada na localidade de Gaviãozinho, concelho da Chamusca.

Esta visita de estudo realiza-se pelo quarto ano consecutivo onde os jovens estudantes cumprem um programa de actividades que valorizam o conhecimento dos valores locais ligados às tradições, à história e aos usos e costumes. A iniciativa realiza-se em colaboração com o Instituto Superior Técnico (IST) de Lisboa.

Graça Saraiva é a proprietária do Casal do Gavião do Meio, com cerca de 550 hectares, e a mentora da iniciativa.

No local existe um Centro de Interpretação de Paisagem/Observatório da Charneca, onde os estudantes realizam as actividades. Na terça-feira, 30 de Abril, Graça Saraiva deu as boas-vindas aos jovens belgas e as professoras Verlee Van Eetvelde, da Universidade de Ghent, e Isabel Loupa Ramos, do IST, fizeram uma introdução das actividades a realizar e os objectivos do workshop.

Graça Saraiva falou sobre “Água e Paisagem na Chamusca” e Pedro Arsénio, do Instituto Superior de Agronomia (ISA) abordou o tema “Vegetação natural na Charneca e oportunidades para a criação de um Herbário no Casal do Gavião”. Conceição Colaço, do ISA, interveio sobre “Educação Ambiental e Comunidades Escolares”, seguindo-se a apresentação do tema “Mobilidade em áreas de baixa densidade”, por Jorge Silva, do IST.

Carlos Amaral Netto, da Florecha – Forest Solutions, falou sobre “Gestão Agro-Florestal no Casal das Balsas” e João Gomes, da Georibatejo.org, apresentou o tema “Visões da comunidade local de geocaching”.

Nos dias 1, 2 e 3 de Maio os alunos estiveram a fazer trabalho de campo e este sábado, 4 de Maio, apresentam os seus trabalhos realizados durante a visita e os ensinamentos que levam desta experiência de quatro dias no Casal do Gavião do Meio.

A propriedade do Casal do Gavião é baseada no sobro (cerca de 300 hectares) e na criação de ovinos. Estão ainda associadas actividades agrícolas de sequeiro e regadio.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1448
    04-03-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1448
    04-03-2020
    Capa Vale Tejo