Sociedade | 09-08-2019 18:00

Cinco meses de reclamações de estacionamento abusivo em jardim de Azambuja

Cinco meses de reclamações de estacionamento abusivo em jardim de Azambuja

Moradores têm dificuldades em aceder aos edifícios na Avenida Condes de Azambuja e até já houve impedimento na passagem de viaturas de emergência.

Alguns moradores da Avenida Condes de Azambuja estão saturados de ter o acesso dificultado junto às suas habitações devido ao estacionamento indevido no jardim e temem que a situação possa piorar. Um dos moradores, David Diniz, já participou a situação à GNR e à Câmara de Azambuja, apelando a uma solução. Mas passados cinco meses continua tudo na mesma, apesar de a autarquia dizer que vai resolver a situação, que já chegou a dificultar o acesso a viaturas de emergência.

O problema tem vindo a intensificar-se nos últimos meses, com o crescimento do fluxo de utilizadores do comboio, desde que Azambuja passou a beneficiar do desconto no passe social. “Deixam aqui os carros e vão apanhar o comboio, mas também há moradores a estacionar aqui e este não é um local próprio para o efeito”, refere David Diniz, sublinhando o “perigo iminente para crianças que queiram usar este espaço diversão”.

O vereador responsável pelo trânsito, Silvino Lúcio (PS) reconhece o problema e diz que “vai ser resolvido em breve”, assim que se “proibir o estacionamento” naquele local. A O MIRANTE, adianta ainda que “a zona vai ser vedada, com acesso permitido apenas a viaturas de emergência e criado um parque de estacionamento, com 42 lugares, exclusivo para residentes, uma vez que aqueles prédios não contemplam estacionamento próprio”. Segundo o autarca, estima-se que a obra avance no final de Agosto.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Vale Tejo