Sociedade | 23-08-2019 12:30

População dos Foros de Salvaterra consternada com morte de Liliana Santos

População dos Foros de Salvaterra consternada com morte de Liliana Santos

Talhante de 42 anos morreu quando estava a trabalhar no supermercado Maxicompra na Glória do Ribatejo.

A população de Foros de Salvaterra, concelho de Salvaterra de Magos, está consternada com a morte de Liliana Santos, 42 anos. A talhante de profissão faleceu quando se encontrava a cortar carne no supermercado Maxicompra, na Glória do Ribatejo. O caso ocorreu pelas 14h30 de quinta-feira, 15 de Agosto, feriado de Nossa Senhora da Assunção.

Liliana tinha entrado ao serviço há meia hora quando se sentiu mal e caiu inanimada no chão. Foram os clientes que estranharam a sua falta no talho e alertaram os trabalhadores do supermercado. Depois de alguns minutos à procura da residente em Foros de Salvaterra foi um colega seu que a encontrou na zona de desmanche das carnes do supermercado.

Quando os meios de socorro chegaram ao local a funcionária do supermercado encontrava-se em paragem cardiorrespiratória. Foi a equipa médica da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Santarém, após várias tentativas de reanimação, que declarou o óbito.

José Nunes, cliente habitual do supermercado, foi dos últimos a ser atendido naquela tarde por Liliana. “Pedi para cortar alguns bifes e ela atendeu-me bem-disposta como costumava fazer”, conta o reformado, de 70 anos, que também fez parte do grupo que andou à procura da talhante no supermercado.

Liliana Santos é natural de Foros de Salvaterra e era Técnica Oficial de Contas. Desde 2005 que era talhante no supermercado Maxicompra, primeiro no estabelecimento da mesma marca na sua terra natal e, mais tarde, na Glória do Ribatejo. Quem convivia com ela no dia-a-dia no supermercado diz que Liliana era uma funcionária exemplar e raramente faltava ao trabalho.

Nos Foros de Salvaterra, quem a conhecia desde pequena, diz que sempre foi uma pessoa muito animada, activa e bastante saudável, tendo pertencido inclusive durante alguns anos a um grupo que se juntava para fazer caminhadas e corridas. Liliana deixa marido e dois filhos, de cinco e dezassete anos, que vão ficar a viver com o pai.

Cerimónias fúnebres encheram cemitério

As cerimónias fúnebres decorreram na tarde de segunda-feira, dia 19, em Foros de Salvaterra. Centenas de populares, familiares e amigos marcaram presença no último adeus a Liliana Santos. Para que os funcionários pudessem estar presentes no funeral o supermercado da Glória do Ribatejo encerrou as portas do estabelecimento no final da tarde desse dia.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Médio Tejo